Sefaz-RJ e PRF contabilizam joias apreendidas em Barra Mansa

0

BARRA MANSA

A Secretaria de Estado de Fazenda do Rio de Janeiro (Sefaz-RJ) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizaram, na última segunda-feira, dia 2, a Operação Ofir. Na noite desta quarta-feira, dia 4, a Sefaz divulgou que a ação apreendeu, em Barra Mansa, um carregamento de 3.627 peças de joias de ouro, entre brincos, pingentes, piercings, correntes, escapulários e pulseiras. No dia 2, o A VOZ DA CIDADE informou sobre a apreensão, obtendo agora o total do material.

Os policiais rodoviários federais abordaram um veículo de passeio onde estava a carga e levaram até o Posto de Controle Fiscal de Nhangapi, em Itatiaia. Após as verificações, os Auditores Fiscais da Receita Estadual constataram que as mercadorias estavam sendo transportadas para o Estado do Rio de Janeiro sem a documentação fiscal e, consequentemente, sem o recolhimento do imposto devido.

 Segundo o superintendente de Fiscalização da Sefaz-RJ, Rodrigo Aguieiras, quando o policial suspeita de qualquer irregularidade tributária, ele encaminha o contribuinte para o posto fiscal mais próximo para confirmar ou não a infração. “Caso a irregularidade seja comprovada, o contribuinte é autuado e a mercadoria pode ficar retida até a regularização da operação de venda e da documentação fiscal. Essa parceria com a PRF vem nos permitindo identificar e coibir diversas ilegalidades fiscais”, afirmou.

OPERAÇÃO OFIR

O nome da ação faz referência uma região mencionada na Bíblia e conhecida pela sua riqueza. A Operação Ofir é a 16ª realizada em 2020 pela Receita Estadual para combater a sonegação de impostos e orientar os contribuintes.

error: Conteúdo protegido !