Coluna Esplanada

0

+ BRASÍLIA, SEGUNDA-FEIRA, 3 DE SETEMBRO DE 2022 – Nº 3460 O desafio do presidente Fazer reformas e manter as que já foram feitas nos Governos de Michel Temer e Jair Bolsonaro – sem mexer principalmente na reforma trabalhista, que destravou o país de amarras dos altos custos para geração de empregos. Mais garantias para contratos em regulações de setores do mercado, forte infraestrutura para logística e austeridade pública, sem aventuras com dinheiro dos cofres e sem furar o ‘teto de gastos’. Estes são os principais temas que chegaram aos comitês dos candidatos Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro…

Coluna Esplanada

0

BRASÍLIA, QUINTA-FEIRA, 29 DE SETEMBRO DE 2022 – Nº 3458 Hackers em ação Setores de grande importância da política nacional têm sido alvo de hackers durante o período eleitoral. Segundo a pesquisa “Global Threat Hunting System” realizada pela NSFOCUS, entre 1º de julho e 31 de agosto ocorreram cerca de 225 mil ataques a sites de agências de notícias e governamentais, instituições educacionais e operadoras de comunicação. Para se ter ideia do avanço dos ataques, no mesmo período, em 2021, foram rastreadas cerca de 150 mil invasões. Entre os alvos dos ataques estão o site do Governo Federal, 16 prefeituras…

Coluna Esplanda

0

BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 28 DE SETEMBRO DE 2022 – Nº 3457 Debandada eleitoral Servidores e comissionados do alto escalão do Governo federal – do Palácio a ministérios, passando por autarquias – tiveram aval dos chefes para ficar em home office como um ponto facultativo a partir de amanhã, para trabalhar pela tentativa de reeleição do presidente Jair Bolsonaro. A despeito dos números do IPEC e Datafolha que mostram liderança folgada de Lula da Silva (PT) na disputa pela Presidência, a realidade dentro do Planalto é outra: ali, os trackings (pesquisas diárias) mostram que Bolsonaro está na frente em 16 Estados e…

Coluna Esplanada

0

BRASÍLIA, TERÇA-FEIRA, 27 DE SETEMBRO DE 2022 – Nº 3456 A tinta da impunidade O vereador Renato Freitas (PT) retomou o mandato numa canetada do ministro do STF Luiz Roberto Barroso. Ele visitava o Papa Francisco quando recebeu a notícia há dias. “Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça. Eu tenho fé”, escreveu. Amém? Nada! Ele invadiu uma igreja em Curitiba no meio de uma missa, com uma claque, e desrespeitou o templo. Foi cassado duas vezes por quebra de decoro, por grande maioria dos votos, e não por racismo – como ele alega. Barroso atropelou o regimento…