Resende distribui carnês do IPTU e cota única tem desconto de 15%

0

RESENDE

Mais de 33 mil contribuintes de Resende já podem receber os carnês de pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e quitar o tributo em condições especiais. A Secretaria Municipal de Fazenda, anunciou nesta quinta-feira, dia 16, o desconto de 15% nos pagamentos em cota única referentes aos imóveis residenciais e comerciais da cidade, cujo prazo se estende até o dia 28 de fevereiro. Além da cota única, a prefeitura também oferecerá a possibilidade de parcelamento em até 10 vezes, com 5% de desconto.

Os carnês começaram a ser entregues via Correios no último dia 10, no entanto, quem optar pela retirada na prefeitura deve ir até a Divisão de Arrecadação Tributária (DAT), no Centro Administrativo no bairro Jardim Jalisco, situado na Rua Augusto Xavier de Lima, nº 251, de segunda a sexta-feira, entre 12 e 17 horas; ou ainda imprimir a segunda via do documento através da internet, pelo site oficial da Prefeitura de Resende (www.resende.rj.gov.br).

As formas de acesso ao carnê de pagamento, inclusive, estão previstas no Decreto nº 12.669/19, que diz que o contribuinte deve procurar a repartição fiscal competente, caso não ocorra o recebimento pelo correio até a data estipulada. “O IPTU é um imposto muito importante, pois sua arrecadação fica integralmente no município, diferente de outras receitas como o ICMS, por exemplo, que precisa ir para o Governo do Estado e depois retornar ao município através de repasses. Recomendamos que a população aproveite o desconto de 15% na cota única e aproveite o valor com essa condição especial”, afirma o secretário de Fazenda, Paulo Roberto Russo. 

Além do desconto de 15% para quem quitar o imposto em uma única vez, a prefeitura também vai conceder uma redução de 5% para quem fizer o pagamento parcelado. Para isso, no entanto, é necessário que o contribuinte faça o pagamento das mensalidades sempre em dia, respeitando a data de vencimento impressa no carnê. 

O imposto representa uma das principais fontes de arrecadação própria do município e pode ser quitado nas agências do Banco do Brasil, Itaú e Caixa Econômica Federal, além das casas lotéricas da cidade. A arrecadação é revertida em obras e melhorias para a cidade. Neste ano, previsão da Secretaria Municipal de Fazenda é que sejam arrecadados cerca de R$ 25 milhões.

error: Conteúdo protegido !