Coleta Seletiva recolhe 82 toneladas no mês de agosto

0

BARRA MANSA

A prefeitura informou na sexta-feira, dia 8, que a Coleta Seletiva, atividade realizada pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) da cidade recolheu cerca de 82 toneladas de material reciclado no mês de agosto. “Até abril deste ano a autarquia havia recolhido 30 toneladas, cerca de 36,52% do total até o momento. Através da Coordenadoria de Resíduos Sólidos (CRS), o programa tem atuação nas empresas, escolas e residências da cidade”, informou. Atualmente, 28 bairros são beneficiados com o projeto.

Segundo o Gerente de Destinação Final e responsável pela Coleta Seletiva, Sérgio Antônio da Silva, o recolhimento acontece de porta em porta com o uso de um caminhão. “Fazemos esse trabalho diariamente. Só na segunda-feira, coletamos material de 27 prédios e no restante dos dias, nos bairros”, conta.

Sérgio explica que além da execução do programa, a equipe busca fechar parcerias com grandes geradores do que é chamado de lixo seco, como empresas e escolas, para reciclagem. A meta é que até o final do ano seja coletado cerca de 100 toneladas de material.

Trabalhando junto ao programa, o Cooperativa Mista de Catadores de Materiais Recicláveis de Barra Mansa (CoopCat) realiza todos os processos do lixo recebido e vende a recicladores que comercializam para indústrias de transformação. Toda a renda captada é destinada aos próprios cooperados.

“Essa prática faz parte do objetivo social do programa recolhendo renda para os catadores e cooperados. É essencial a aplicação da Coleta Seletiva para Barra Mansa, devido aos benefícios ambientais, sociais e econômicos”, completou o gerente. “Com a retirada do lixo para reciclagem, o ressignificam para a produção de novos materiais. Dessa forma, diminui a quantidade de lixo e energia consumida, também é possível que se evite o entupimento de esgotos e rios poluídos, por exemplo. Com a realização do programa acontece a diminuição dos gastos com a limpeza pública”, frisou.

De acordo o Saae, programa tem como objetivo trazer benefício ambiental à cidade

Sérgio também ratifica a importância da população participar e recolher separadamente o lixo para melhorar a limpeza da cidade. “É responsabilidade nossa efetuar esse processo no dia a dia”.

A resolução do Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama) n°275, de 25 de abril de 2001, estabelece o código de cores para os diferentes tipos de resíduos.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !