Volta Redonda tem mais seis mortes por Covid-19

0

VOLTA REDONDA
Mais seis pessoas morreram em Volta Redonda por Covid-19. A informação foi dada hoje, 5, pelo prefeito Samuca Silva. São quatro homens, de 57, 82, 76 e 64 anos; e duas mulheres de 88 e 56 anos. São 3.797 casos confirmados e 13.305 notificados como suspeitos. Os óbitos chegam a 137.
Os curados são 2.283 e 5.465 exames deram negativo. Houve um aumento de 1,59% dos casos suspeitos, ocupação de 15% dos leitos do Hospital de Campanha e 32% dos leitos de UTI da rede municipal.
O prefeito chamou atenção para o protocolo de saúde da cidade a respeito da ministração de nitazoxanida. Segundo ele, 102 pacientes contaminados com coronavírus fizeram o tratamento e não precisaram ficar internados. “Você que faz parte do grupo de risco, tem mais de 50 anos, obeso, diabético, hipertenso, até o terceiro dia de sintomas procure uma das cinco unidades do Cntro de Triagem – na 249, São João, Volta Grande, Vila Mury, Estádio Raulino de Oliveira. Somos a primeira cidade do país que tem um protocolo institucional. Não é vacina, mas o medicamento reduz a potência do vírus”, disse Samuca.
NÚMEROS DE BARRA MANSA
Em atualização divulgada na noite de hoje, a Prefeitura de Barra Mansa informou que estão mantidas o número de mortes pela doença: 72 e outras 22 sob investigação. Dos casos confirmados são 1.799, um aumento de 44 de terça para quarta-feira. Curadas são 1.389 pessoas e há 109 casos suspeitos, sendo que 25 pessoas estão hospitalizadas. Dos confirmados, sete estão em hospitais.
A ocupação na rede pública está em 24% de leitos de UTI (limite é 50%), 39% de enfermaria (60% limite), 3% dos respiradores estão sendo ocupados.

error: Conteúdo protegido !