Vereador de Volta Redonda abre mão de benefícios como carro telefone e plano de saúde

0

VOLTA REDONDA

Cumprindo seu primeiro mandado como vereador, em Volta Redonda, Paulinho AP (DEM), de 31 anos, está abrindo mão de alguns dos benefícios comuns concedidos pelo Legislativo aos parlamentares. Segundo o vereador, através de requerimentos protocolados na Secretaria-Geral da Casa, dispensou o uso do carro oficial, celulares, cota de combustível e do plano de saúde. Lembrou que a renúncia foi feita nas primeiras semanas do ano, logo após tomar ciência da estrutura de cada gabinete.

Paulinho AP declarou ainda que, ainda em campanha já havia falado sobre a decisão de abrir mão dos benefícios considerados como algo “extra” do mandato de cada vereador. Disse que depois de assumir o mandato não poderia agir diferente. Explicou o parlamentar que assumiu esse compromisso ainda na campanha e sabe que é sua obrigação trabalhar com responsabilidade e transparência por Volta Redonda. “Não usufruir dos benefícios é meu dever com a população e com o dinheiro público, ainda mais considerando a situação financeira pela qual a cidade está passando”, frisou o vereador.

Paulinho AP explicou que respeita a posição adotada por cada um dos colegas de legislatura, mas ele vai abrir mão desses benefícios. “Cada um tem sua realidade, sua base eleitoral, sua visão política. A Câmara Municipal é uma Casa plural, onde os diferentes devem se respeitar. Respeitarei quem usa e espero ser respeitado por não usar”, concluiu.