Novo assalto na Vila da Petrobras, em Angra dos Reis, preocupa moradores

0

ANGRA DOS REIS

Nesta quinta-feira, dia 03, um novo assalto ocorreu na Vila da Petrobrás, onde dois homens a pé assaltaram um motociclista no mesmo local aonde cerca de 10 dias, um homem teve seu carro assaltado quando passava com a filha, menor.

O assalto de quinta aconteceu durante a madrugada. Por meio de imagens de uma câmera, é possível ver que a ação levou cerca de 20 segundos. Dois homens passam andando na calçada e atravessam a rua quando notam que uma motocicleta  se aproximando. Os dois, armados, conseguem render o motociclista, que logo desce e não resiste ao assalto. A dupla sobe na moto e vai embora e o jovem segue caminhando para rua e retira um celular do bolso para comunicar o crime, que foi registrado na 166ª Delegacia de Polícia.

Há cerca de duas semanas, um homem também foi assaltado no mesmo lugar quando passava de carro. Dois homens em uma motocicleta o rendem e o obriga a descer do veículo. Ele desce e abre a porta de trás do carro, retirando uma criança de aproximadamente uns sete anos.

O A VOZ DA CIDADE conversou com uma moradora de Volta Redonda, que preferiu não se identificar, que contou que seu marido está trabalhando em Angra há cerca de três anos e mora na Vila da Petrobrás. Ela e os dois filhos dele, viajam para o litoral todos os finais de semana e feriado para encontrá-lo, mas estão com medo da violência no local. “Às vezes eu vou sozinha, pois eles trabalham, ou fico sozinha quando o meu marido tem plantão a cumprir no final de semana. Fico muito assustada vendo tudo isso que tem acontecido e tenho vindo para Angra para ficar dentro de casa, pois não podemos nem ficar na rua, pois vemos eles passando a todo o momento e eles sabem quem são as pessoas que conhecem os rostos deles”, contou. “Eu não vejo a hora do meu marido conseguir outro emprego em Volta Redonda, pois mesmo recebendo melhor aqui em Angra, não está compensando. Nossa vida vale muito mais”, comentou a moradora.

A Polícia Militar informou que é a Polícia Civil quem é responsável por esse tipo de caso. Já os agentes da 166ª DP seguem analisando as imagens para identificar os autores dos dois crimes.

error: Conteúdo protegido !