Nascidos em março e abril já podem sacar PIS nesta quinta-feira

0

SUL FLUMINENSE

Começa amanhã o pagamento do Programa de Integração Social (PIS) 2017/2018 -ano base 2016- para os para trabalhadores da iniciativa privada, nascidos em março e abril. O valor do abono salarial varia entre R$ 80 e R$ 954, conforme o tempo trabalhado com carteira assinada em 2016, e pode ser sacado nas agências da Caixa.

A expectativa é de que ao menos 22,3 milhões de pessoas recebam o benefício, estimado em mais de R$ 14,8 bilhões. A data limite para o que os cotistas do abono salarial  saquem o benefício é no dia 26 de junho.

Quem tem direito

Além de ter trabalhado com carteira assinada em 2016, o trabalhador precisa cumprir alguns requisitos para receber o valor do abono salarial. Entre eles, ter remuneração média de até dois salários mínimos, estar inscrito no PIS (Programa de Integração Social) ou no Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) há pelo menos cinco anos e ter os dados informados na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Caso você preencha os requisitos para receber o abono salarial, é possível realizar uma consulta no site do Ministério do Trabalho. Para isso, é preciso ter em mãos o número do PIS ou do CPF, além de informar a data de nascimento. A informação aos beneficiários do PIS está disponível no  site da Caixa ou pelo telefone 0800 726 0207. Os beneficiários do Pasep têm acesso a mais detalhes no site do Banco do Brasil  ou pelo número 0800 729 0001.

PIS em aplicativo da Caixa

O aplicativo Caixa Trabalhador, desenvolvido pela Caixa Econômica Federal, passou por uma atualização e, agora, permite ao trabalhador calcular o valor do abono do PIS. O montante a receber é calculado de acordo com o salário informado pelo usuário e número de meses trabalhados no ano-calendário de referência para o pagamento. O valor máximo a sacar é de R$ 954.

A ferramenta passou a possibilitar, também, o agendamento de benefícios pelo celular. Neste caso, segundo a Caixa, o usuário pode receber na agenda do celular lembretes sobre as datas de recebimento, que variam de acordo com o mês de aniversário do trabalhador, no caso do abono do PIS, ou com o último número do Número de Identificação Social (NIS), no caso do Bolsa Família.

O app ainda fornece informações sobre as cotas do PIS (que podem ser sacadas por aposentados e trabalhadores a partir de 60 anos inscritos no programa até 1988). Até aquele ano, os trabalhadores com carteira assinada recebiam depósitos mensais em um fundo do PIS, feitos pelos empregadores.