Voltaço conquista título da Taça Independência e vaga para Copa do Brasil

0

VOLTA REDONDA

O ano de 2020 segue sendo difícil para o mundo todo. A população mundial segue, em sua grande maioria, ainda em isolamento social devido à pandemia do novo coronavírus que segue fazendo vítimas mundo afora.

Um dos efeitos desse isolamento foi à suspensão das competições esportivas, ainda no último mês de março. Mas, no decorrer dos meses, as coisas foram se ajustando e, no Rio de Janeiro, o Campeonato Carioca foi retomado para sua conclusão no último dia 18 de junho.

E o Volta Redonda Futebol Clube, de olhos em uma das vagas nas semifinais da Taça Rio, o segundo turno do Carioca, trabalhou com bastante intensidade nos dias que antecederam o seu retorno aos gramados. A volta foi, em grande estilo, no dia 28 de junho, quando enfrentou o Fluminense no Estádio Nilton Santos e venceu a partida pelo placar de 3 x 0.

Na semana seguinte, o Tricolor de Aço teria pela frente a chance de garantir uma vaga na semifinal. E, a vaga foi conquistada com a vitória sobre o Resende FC pelo placar de 2 x 1, em partida realizada no Maracanã, no dia 2 de julho.

A vitória do Voltaço no clássico regional, além de garantir a equipe da cidade do Aço na semifinal da Taça Rio, mesmo feito alcançado na Taça Guanabara, o primeiro turno, credenciou o Esquadrão de Aço, que é comandado por Luizinho Vieira, para disputar a Copa do Brasil de 2021 e, ainda se sagrou campeão da Taça Independência, por ter garantido a terceira colocação na classificação geral do Campeonato Carioca de 2020.

Apesar de ser um ano atípico, a diretoria do clube tem muito que comemorar, pois mais uma vez a equipe terá a oportunidade de levar e, promover o nome da cidade de Volta Redonda país afora. O que é motivo de muita alegria e satisfação de Flávio Horta, presidente do Volta Redonda Futebol Clube.

“Todos no clube têm a consciência que quando o Volta Redonda entra em campo, está levando a responsabilidade de representar toda uma cidade. E ficamos muito orgulhosos quando conseguimos fazer uma campanha com números expressivos como foi a do Campeonato Carioca deste ano, que é, claro, fruto de muito trabalho no dia a dia, mas também de todo um planejamento que vai muito além das quatro linhas”, citou o mandatário.

Horta lembrou, ainda, os grandes problemas que todos nós estamos vivenciando nesse ano por conta da pandeia do novo coronavírus. “Sabemos que 2020 não está sendo fácil para ninguém. Temos poucos motivos para comemorar, porém, neste aniversário da cidade, o Esquadrão de Aço quer falar para os volta-redondenses que tudo vai ficar bem. Em breve, torcida e time estarão juntos novamente no Estádio Raulino de Oliveira, formando a parceria que já trouxe tantas vitórias e títulos para a cidade do Aço. Por enquanto, o torcedor pode ter certeza que, mesmo de longe, seguiremos jogando juntos, porque a família Voltaço segue unida e pronta para buscar grandes conquistas”, assegurou.

error: Conteúdo protegido !