Turismo regional é principal opção da população fluminense

0

AGULHAS NEGRAS

Viajar para longe ou conhecer destinos acessíveis logisticamente e financeiramente? Sem dúvida o turismo regional é a principal opção de lazer para quem busca atrelar economia, cultura, paz e diversão. Um levantamento do Instituto Fecomércio de Pesquisa e Análises (Ifec RJ) mostra que 82,8% dos fluminenses têm preferência por passeios dentro do próprio Estado do Rio de Janeiro, fomentando o chamado turismo regional. A pesquisa foi realizada entre os dias 19 e 25 de junho e ouviu 500 consumidores do estado.

Os destinos regionais são preferidos pela maioria dos viajantes fluminenses, beneficiando o comércio, os serviços e o turismo do estado. Moradora de Resende, Sandra Mara, 29, prefere ir à capital e Costa Verde, no período de verão e visitar a região serrana nesta época do ano. “Concordo plenamente, porque o Rio de Janeiro tem potencial para turismo o ano todo. No calor são as praias, cachoeiras, Carnaval, samba na quadra das escolas. No inverno, Mauá, Maringá, Serrinha, são locais que não dispenso. Gasto pouco e me divirto”, comenta a esteticista que viaja sempre acompanhada de amigas. “O sentimento delas é o mesmo. Poucas vezes, quase nunca, saímos para São Paulo, Minas. O Rio tem tudo, ao mesmo tempo”, resume.

Paraty é um dos atrativos do turismo no Rio de Janeiro – Foto: Divulgação

Segundo a pesquisa da Fecomércio, dentre os diversos serviços oferecidos aos viajantes, em uma escala de 0 a 10, o tópico “Atrações Turísticas” recebeu a melhor avaliação, com nota de 7,5. Em seguida, surgem “Bares e Restaurantes”, com 7,3 e “Hotéis, Pousadas e Albergues”, com 7,1. Também merecem destaques a “Qualidade do Comércio Local” e os “Aeroportos” que tiveram boa avaliação, com notas de 6,9 e 6,8, respectivamente.

O estudo também analisou os entraves para o desenvolvimento do turismo no estado, na visão do fluminense. Para 43,2% dos pesquisados, o ponto mais importante que precisa melhorar, e assim alavancar o potencial turístico, é a “Sensação de Segurança”. Na região, esse sentimento assusta quem gosta de frequentar as praias do litoral da Costa Verde. “Angra dos Reis está muito violenta, confesso que ia mais vezes e reduzi de uns tempos pra cá. Mas, ainda prefiro as praias daqui do que o litoral paulista”, comenta o comerciante Bruno  Faria, 28, de Itatiaia.

Visconde de Mauá é um dos principais destinos turísticos da Serra da Mantiqueira – Foto: Arquivo

Outro dado da sondagem, que comprova a vocação do estado do Rio de Janeiro para o turismo, surge quando os pesquisados informam se tiveram problemas na última viagem. A grande maioria, 86% dos entrevistados, disseram não ter enfrentado qualquer problema.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !