Sindicato das Escolas Particulares da região diz que unidades já têm protocolo elaborado para retorno

0

SUL FLUMINENSE

Mesmo sem uma data fixa estabelecida, o retorno das aulas vem sendo discutido no Rio de Janeiro e na região  a realidade não é diferente. Segundo o presidente do Sindicato das Escolas Particulares do Sul Fluminense (Sinep), Cláudio Menchise, as unidades escolares estão preparadas para voltar, tendo um protocolo de saúde já elaborado. Cláudio afirma que não há uma previsão para a retomada, mas destacou uma perspectiva para julho ou agosto.

O presidente do Sinep explicou que o protocolo elaborado, atende os requisitos das secretarias de Saúde municipais e estadual para a prevenção da Covid-19. Alguns dos pontos destacados por ele são: redução da capacidade de ocupação na sala de aula, distanciamento das mesas, e materiais para a higienização.

Claudio destaca que vem sendo discutido em todo país o retorno das escolas e alertou que, com a flexibilização das atividades econômicas, muitos pais tiveram que voltar a trabalhar e não tem com quem deixar os filhos. “As escolas cuidavam dos jovens e das crianças quando o pai e mãe estavam trabalhando. Há atualmente essa dificuldade também e sabemos que muitos pais apoiam o retorno. Assim como há aqueles que discordam”, disse.

Menchise citou Volta Redonda e Barra Mansa como um exemplo do diálogo que vem sendo feito para a retomada das aulas na região. “Já tivemos uma reunião com o prefeito Samuca Silva e apresentamos um plano de retomada e nos colocamos a disposição para participar do plano das atividades educacionais do município e estamos aguardando. Em Barra Mansa, por exemplo, já está mais adiantado, eles liberaram algumas praticas em universidades”, exemplificou.

Prontos para o retorno

“Já se passaram mais de 90 dias nessa situação e o mundo todo já formalizou a retomada. Sabemos que a volta será de maneira gradual e entendemos a necessidade das medidas de segurança”, finalizou Cláudio Menchise.

error: Conteúdo protegido !