Sassaricando – Oscar Nora – 4 de maio de 2021

0

Daqui a um mês, 4 de junho, em Porto Alegre, a seleção brasileira enfrentará a seleção do Equador em partida válida pela sétima rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo/2022. O retrospecto da seleção brasileira no estádio Beira-Rio é muito bom. São 12 jogos com nove vitórias, dois empates e uma derrota. Na último duelo por lá, em jogo preparatório para a Copa América/2019, goleada de 7 a 0 sobre Honduras.
+
De Porto Alegre a turma do Tite viaja para Assunção onde enfrentará, dia 8, a seleção do Paraguai. Líder das Eliminatórias com 12 pontos conquistados em quatro vitórias, o retrospecto contra o Equador é massacrante. Em 32 jogos são 26 vitórias do Brasil e 94 gols marcados contra apenas duas derrotas e 22 gols sofridos.
+
No caso do Paraguai o retrospecto também é marcante. Em 79 jogos são 47 vitórias brasileiras e 172 gols assinalados contra 10 vitórias e 66 gols dos paraguaios. Líder invicto das Eliminatórias, com 12 pontos conquistados em quatro vitórias, o mês de junho será de muita atividade para a seleção nacional.
+
Atual campeão, o Brasil estreia na Copa América uma semana depois da partida contra o Paraguai. Dia 14, em Medellín, enfrentará a Venezuela e, na sequência do seu Grupo A, o Peru, em Cali, no dia 18; a Colômbia, em Barranquilla, no dia 24. Fechará a fase inaugural diante do Equador, em Bogotá, no dia 28. No Grupo A estão as seleções da Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai.
+
Como as seleções do Catar e da Austrália desistiram de participar do torneio em razão da Covid 19, os quatro primeiros colocados de cada grupo avançam para as quartas de final. A Copa América/2021, entre 13 de junho e 10 de julho, será generosa para o campeão. Seu prêmio será de 10 milhões de dólares, bem mais do que os sete milhões e meio que o Brasil recebeu como campeão em 2019.
+
Talvez 3 a 0 tenha sido um resultado impiedoso para o Volta Redonda que jogou bem, mas falhou na sua zaga. Enfrentar um adversário superior requer atenção redobrada. E se esse adversário possui goleadores como Pedro a atenção deve ser quintuplicada. Como ele não é o titular, nos apenas 7 jogos em que atuou marcou 7 gols. Pedro diz que sua eficiência vem do controle mental que ele exercita e dos cuidados físicos e técnicos.
+
Líder do Grupo G na Copa Libertadores, esta noite o Flamengo enfrenta a LDU. A partida será às nove e meia e o o carioca pode disparar na liderança. O Flamengo tem seis pontos e a LDU tem quatro. Na outra partida do Grupo, mais cedo, às dezenove horas, jogam Unión La Calera x Vélez Sarsfield. Disputarão a lanterna.

Foto: Divulgação CBPM

Carioca de 20 anos de idade, a pentatleta Ieda Guimarães é, até o momento, a atleta mais jovem dentre as mulheres na delegação brasileira que vai competir nos Jogos de Tóquio. Só não é a mais nova dos 212 atletas brasileiros que irão a Tóquio porque o nadador Murilo Sartori tem 18 anos. Ieda foi revelada no Penta Jovem, projeto que a Confederação Brasileira de Pentatlo Moderno (CBPM) mantém para a descoberta e formação de novos nomes na modalidade que reúne natação, esgrima, hipismo e laser-run (tiro a laser e corrida).

+

+

error: Conteúdo protegido !