Quarteto é preso suspeito de tráfico de drogas na Vila Pinheiro, em Itatiaia

0

ITATIAIA

A Polícia Civil apresentou, na tarde desta terça-feira, na Cadeia Pública de Volta Redonda, para audiência pública, o quarteto formado pelo casal Jean de Souza, 29 anos, e Glória Patrícia Tavares Pinto, 42 anos e João Paulo Pimentel de Oliveira, 26 anos e sua mãe, Guacira Reis Pimentel de Oliveira, 47 anos. Eles foram presos, na noite de segunda-feira, por policiais militares do 37º BPM, no bairro Vila Pinheiro. O quarteto é suspeito de tráfico de drogas. Na ação da Polícia Militar foram apreendidos 145 pinos de cocaína pesando 73,9 gramas e um tablete de maconha, totalizando 17,8 gramas e a quantia em dinheiro de R$205,00.

A unidade de Patrulhamento Tático Móvel (Patamo 3ª Cia) chegou até o quarteto após receberem informações pelo Disque Denúncia no telefone 3360-0112 de que João Paulo e Jean estariam vendendo drogas em uma residência na Rua alecrim, na Vila Pinheiro. “Montamos uma operação e seguimos para o endereço. Ficamos observando o local quando avistamos Jean indo até um terreno baldio e escondeu uma sacola no mato. Posteriormente o suspeito retornou mais duas vezes ao local pegando algo na sacola e entregando a pessoas que o procuraram”, contaram os policiais que também observaram que pessoas iam até João Paulo que pegava algo em uma sacola que estava escondida atrás de um portão e entregava. “Pedimos auxílio a equipe do setor ‘Kilo’ e conseguimos deter Jean que nos levou até o terreno onde arrecadamos uma sacola com 44 pinos de cocaína com a inscrição ‘Pode 10’. Ele contou que o dinheiro da venda do entorpecente estaria com sua companheira, Glória de quem arrecadamos a quantia em dinheiro de R$145,00”, informaram os militares. Os policiais seguiram para prender João Paulo que gritou sua mãe e impediu a entrada na residência. “Visualizamos uma sacola atrás do portão e após pegarmos, encontramos 100 pinos de cocaína com a inscrição ‘Pó de 20’. Já com outra mulher encontramos a quantia de R$60,00. Após revista no imóvel arrecadamos um pequeno tablete de maconha”, explicaram os militares.

Os quatro suspeitos foram encaminhados para a 99ª Delegacia Legal de Polícia Civil onde o delegado titular Vicente Maximiliano autuou o quarteto por tráfico de drogas e associação ao tráfico de drogas, permanecendo presos.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !