Polícia Civil prende idoso condenado a 15 anos por estupro de uma menina em Itatiaia

0

ITATIAIA

Agentes da 99ª Delegacia de Polícia (DP) coordenados pelo delegado titular, Vicente Maximiliano, prenderam na tarde desta sexta-feira, dia 17, um idoso, de 62 anos. Segundo a Polícia Civil, ele estava foragido da Justiça há quase 15 dias, pois foi condenado pelo Juízo da Vara única da Comarca de Itatiaia por abusar de uma menina durante quatro anos. Hoje, ela teria 15 anos e sofreu o abuso dos seis anos 10, quando contou para a mãe o que passava com ela.

De acordo com o delegado titular, Vicente Maximiliano, o idoso, foi preso em uma residência na cidade mineira de Passa Vinte, na Serra da Mantiqueira. “Havia um mandado de prisão do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro expedido no último dia 26 de novembro pela Vara Única de Itatiaia. O suspeito foi condenado a 15 anos de prisão em regime fechado”, explicou o delegado.

Segundo a Polícia Civil o crime foi denunciado pela mãe da criança, em 2016, quando a vítima tinha dez anos. “A mãe da criança trabalhava de babá na mesma residência que o idoso desempenhava a função de caseiro. Com dez anos, a menina contou a mãe que estava sendo abusada pelo idoso desde os seis anos. A mãe fez a denúncia da Delegacia que abriu inquérito policial para apurar o caso. Após nove anos, o idoso foi preso no dia do aniversário de 15 anos da vítima”, explicou um agente da Civil.

O suspeito já está na Delegacia de Itatiaia e será encaminhado ainda esta semana para uma unidade prisional do Estado do Rio de Janeiro.

A Polícia Civil solicita a colaboração de todos para tornar Itatiaia uma cidade mais segura. O número do Disque Denúncia é o (21) 2253-1177 e o WhatsApp (2) 968021-650

OUTROS CASOS REGISTRADOS NA REGIÃO ESTA SEMANA

Outros três casos de violência contra menores foram registrados no Sul Fluminense nesta semana.  Em Mendes, um homem, de idade não divulgada, foi preso na quarta-feira, dia 15, em cumprimento de mandado de prisão condenatória contra o crime de estupro contra a enteada no ano de 2015. Na ocasião a criança tinha apenas sete anos. Policiais Civis lotados na 97ª Delegacia de Polícia (DP), sob a coordenação do delegado titular João Ricardo Bicudo de Oliveira, receberam informação de mandado de prisão condenatória contra o acusado e foram até a residência dele. Ele não foi encontrado no local, mas em uma rua próxima, e disse que já iria se entregar quando soube da decisão judicial. “Ele alegou que já estava esperando por isso e que se entregaria de qualquer maneira”, disse a Polícia Civil.

O homem foi condenado a 12 anos de prisão pelo crime de estupro de vulnerável praticado contra sua enteada no ano de 2015. A menina estava com sete anos de idade na época.

A equipe da 90ª Delegacia de Polícia de Barra Mansa pendeu na terça-feira, dia 14, um homem, de idade não divulgada, suspeito de estupro de vulnerável contra a filha de 14 anos. Segundo as investigações, o crime teria ocorrido quando a esposa dele estava em trabalho de parto. Os agentes foram informados sobre o caso e após investigações, prenderam o suspeito no bairro São Domingos.

Na segunda-feira, dia 13, a Polícia Civil prendeu em Resende um funcionário de uma academia de ginástica suspeito de abusar de uma criança de apenas dois anos, filho de uma frequentadora do estabelecimento.