PM faz alerta sobre o novo coronavirus nas viaturas durante os patrulhamentos

0

SUL FLUMINENSE

Desde o dia 16 de março, a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ) desencadeou em todo estado uma campanha de conscientização da população sobre a necessidade de permanecer em casa diante da pandemia do novo coronavirus. Como parte do trabalho, as viaturas estão circulando nas cidades fazendo orientações para que a população permaneça em casa.  O serviço também está sendo realizado nas cidades da região Sul Fluminense.

Foi gravada uma mensagem padrão de áudio que é reproduzida pelo sistema de som de todas as viaturas que patrulham e circulam pelas áreas comerciais e por onde é observada a circulação de pessoas, inclusive por rondas pelos bairros. “Atenção cidadão, a responsabilidade também é sua. A luta contra o novo coronavirus é uma missão de todos. A Polícia Militar orienta que a população evite aglomeração de pessoas e locais com grande circulação de público. Faça a sua parte e, por favor, fique em casa”, diz a mensagem.

No 28°BPM todas as viaturas das cidades de Volta Redonda, Barra Mansa, Pinheiral e Rio Claro participam da ação. Angra dos Reis também está fazendo a mesma campanha, inclusive nas praias, por meio do 33° BPM, que estende o serviço em Paraty e Mangaratiba.

“A campanha já tem apresentado efeito e o número de pessoas na rua já reduziu muito”, afirma a equipe do 28° BPM, orientados pela comandante da unidade, tenente-coronel Andréia Campos.

A PM também tem utilizado suas redes sociais, como Facebook, Instagram, entre outras para compartilhar conteúdos explicando sobre a doença. Na página oficial da PMERJ, tem um vídeo gravado com coronel médico Leonardo, diretor geral de saúde, que faz alerta aos policiais da ativa, veterano, pensionista, entre outros, sobre como procurar ajuda caso apresente sintomas de gripe ou resfriado. “Se dirija ao nosso hospital de Niterói, algumas policlínicas ou alguma Unidade de Saúde Básica. Mas se apresentar piora, como cansaço e dificuldade de respirar, procure o Hospital Central da Polícia Militar (HCPM)”, diz. “Tenha certeza que nós da diretoria da Secretaria Geral da Saúde estamos nos empenhando ao máximo, arduamente, para que você tenha o melhor atendimento possível. E não deixe de consultar as informações que estamos publicando diariamente no boletim ostensivo na Polícia Militar”, finaliza o coronel médico Leonardo.

error: Conteúdo protegido !