Jesus se dispôs a ser traído

0

A traição é um espirito que se apodera de uma pessoa que guarda no seu coração a inveja, o ciúme. Uma pessoa que não se conforma com as atitudes de alguém. Que tem um desejo doentio de ocupar um cargo que pertence a outro, geralmente trai.

Um cônjuge que trai o outro é a pior coisa que se pode cometer. Porque ele ou ela, rasga o que há de mais sagrado: O compromisso moral e religioso diante de Deus. Diante do magistrado civil, diante das testemunhas, diante da família, dos amigos e vizinhos e pior. Vai responder na eternidade para sua condenação. A Bíblia diz que Deus irá recompensar ao que pratica o bem e condenará aos que cometem iniquidade. (Romanos 2.6-8).

A traição envergonha a alma de quem pratica, e vive se escondendo de quem traiu. A traição decepciona, prejudica, deixa marcas indeléveis, muda o rumo da vida. A traição mata.

Todos nós corremos o risco de sermos traídos. A traição é uma surpresa desastrosa. Por mais bondoso, amigo e compreensivo que sejamos; sempre há alguém que nos inveja e procura nos trair. Triste é sofrer a dor da traição.

Muitos já foram traídos por seu pai, sua mãe, seus irmãos, seu colega de trabalho.

O rei Davi, enquanto estava tratando da administração do seu reino, seu filho Absalão estava fora na porta da cidade cumprimentando, sorrindo, apertando a mão dos vassalos do seu pai. Procurando agradar a todos dizendo: Há! Se eu fosse rei resolveria o teu caso. E assim traia seu pai ganhava o coração do povo com falsidade. (2 Samuel 15.).

Jesus sabia pela profecia do Antigo Testamento que ele seria traído. Este era um dos caminhos pelo qual Jesus haveria de morrer, Judas era a pessoa que Jesus confiou para ser o tesoureiro das suas campanhas.

Jesus sabia quem seria o seu traidor, Jesus percebeu quando o traidor vinha com uma turba de religioso para o prender. Ele poderia ter se escondido, fugido. Mas aguardou o seu amigo, se antecipou e perguntou a Judas: A que vieste? (Mateus 26.50).

Jesus aceitou receber um beijo daquele que ele sabia que o iria trair.

Jesus se submeteu a ser traído e morto porque tinha em vista algo muito superior. Consumar a obra da redenção de toda humanidade. Sua morte trouxe salvação a todos que o aceitam arrependido dos seus pecados, reconhecendo o seu sacrifício.

Se você sofre a dor de ter sido traído, não cultive a dor desse pecado até a morte. Perdoe e seja livre do mal. (Mateus 6.14,15).

 

Pr José Edson

Assembleia de Deus

Av Pre. Kennedy 1502 Barra Mansa RJ

 

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !