O preço a pagar pela felicidade no lar

0

 

Bem-Aventurado aquele que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos. Pois comerás do trabalho das tuas mãos: feliz serás, e te irá bem.
A tua mulher será como a videira frutífera aos lados da tua casa; os teus filhos como plantas de oliveira à roda da tua mesa. Eis que assim será abençoado o homem que teme ao Senhor.(Salmos 128).
Nenhuma moça ou rapaz sai da casa de seus pais com o intento de casar para ser infeliz. Muito pelo contrário; seus sonhos são de felicidade, alegria e realizações.

Mas, é muito importante que os jovens estejam conscientes que existe um preço a pagar pela felicidade deles no seu novel lar.

Vocês alcançaram, chegaram no final da busca quando casaram. Não há o que buscar mais. Se satisfaçam com o que têm. (Pv 18.22; 5.18; Hb 13.5).
Este preço garante estabilidade, firmeza, longevidade e realizações. São preços que aparentemente parece “baratos”. Mas, pela importância, torna-se caro. Exige uma vigilância permanente sob a responsabilidade de ambos.
Procurem cada dia mais conhecer, compreender, analisar, reconhecer as fragilidades, a sensibilidade, o desejo, um do outro.

São preços que devem ser tirados da alma. De uma vida acostumada a satisfazer o seu ego, a sua vontade, seu orgulho, sua vida de assistência e dependência dos pais. Agora são eles mesmos que terão que assumir.

Como diz a Palavra de Deus: Agora não são mais dois; mas uma só carne. Vão ter que compartilhar, os ganhos, os bens adquiridos, a alegria, os bons momentos; como também os problemas, as dificuldades, os desafios. Um terá que ficar ao lado do outro; compartilhar dos sofrimentos, porque foram unidos não só pelo amor, mas também pela lei, pelos parentes, pelos colegas, pelos padrinhos e pela sociedade. Terão que enfrentar de cabeça erguida e passos firmes. Nem tudo são mar de rosas. O importante é que estejam sempre focando o momento de passar por cima das indiferenças, de deixar para trás os atropelos e nunca ficar agarrado com o que lhe trouxe tristezas e decepções. Divorcio? Nem pensar! Porque o homem ou a mulher não deve rasgar o que Deus “assinou”. Lembrem-se sempre dos momentos de seus corações apaixonados. (Malaquias 2.14).

Não substituam, não menosprezem sua família por nada neste mundo. Sendo crente, não seja pior do que o infiel. (I Tm 5).

A bíblia diz que o amor é o vinculo da perfeição. Então, tenham como alvo o amor: nas palavras, nas atitudes, na ajuda, na responsabilidade de esposo e pai, e ela, de esposa e mãe; no sofrimento, na muita paciência porque tudo isso é um alto preço a pagar, Ou não é? Mas o casal se uniu para vencer todos os desafios. (Ec 4.9-12). Joguem fora toda mazela de um coração malvado, odioso, desconfiado, intrigado, bruto, ciumento, indiferente. Não atormente a mente um do outro, (Pv 19.13,14), não forcem uma situação esperem em Deus; orem juntos. Os filhos virão, e eles não merecem encontrar seu ambiente destroçado pelo orgulho, e contendas. Eles merecem ser felizes, viverem em paz, desfrutar do amor nos corações dos seus primeiros e maiores exemplos e amigos. Que são seus pais.
Jesus quer compartilhar com você a Sua felicidade.

 

Pr José Edson

error: Conteúdo protegido !