Ginásio Poliesportivo do bairro Três Poços, em Volta Redonda, terá escolinha de Basquete

0

VOLTA REDONDA
A Secretaria Municipal de Esporte e Lazer de Volta Redonda (Smel) segue ampliando a oferta de atividades gratuitas para a população nos equipamentos públicos. Retomadas em meados deste ano, com protocolos de prevenção à Covid-19, as ações atendem a todas as idades, da infância à terceira idade. No Ginásio Poliesportivo Heth Lustosa Bastos, na Rua Érica Berbet, em Três Poços, estão abertas as inscrições para a Escolinha de Basquete para crianças e adolescentes.
As aulas com o professor Felipe Braga serão nas terças e quintas-feiras, das 10h30min às 11h30min e das 15 horas às 16 horas. As inscrições podem ser feitas no local na segunda e na quarta, das 7 horas às 11 horas e das 13 horas às 16 horas; na terça e quinta, das 8 horas às 11h30min e 13 horas às 16 horas; ou na sexta-feira, das 7 horas às 1 1horas. Os documentos necessários são certidão de nascimento ou documento de identidade do aluno, comprovante de residência e documento do responsável para menores de idade.
DIVISÃO DAS TURMAS
A professora Andreia Gonçalves Menezes, que também atua no ginásio de Três Poços, afirmou que a divisão das turmas será feita de acordo com a demanda. “As atividades para crianças e adolescentes são realizadas no contraturno escolar e os grupos divididos, normalmente, por faixa etária”, explicou.
O Ginásio Poliesportivo do Três Poços também já retomou outras atividades. O espaço oferece aulas de karatê, futsal, dança, ginástica artística e ioga. Além disso, sedia os projetos ‘Viva Melhor Idade’ e ‘Viva a Vida’ que promovem a prática de atividades físicas para idosos.
De acordo com o subsecretário da Smel, Daniel Alves Ferreira Junior, a coordenação da secretaria tem procurado equilibrar a oferta de atividades nos ginásios entre esportes individuais, como dança, atletismo e badminton, e coletivos, basquete, futsal e outros, atendendo a todas as idades. “No caso das crianças e dos adolescentes, o foco é a iniciação ao esporte, pensando no desenvolvimento e ocupando de maneira saudável o contraturno escolar. Para a terceira idade, o foco é na manutenção da autonomia e da saúde”, finalizou Daniel.

error: Conteúdo protegido !