Fundação Confiar retoma atividades de forma remota em Resende

0

RESENDE

A prefeitura está retomando gradativamente as atividades do Conselho Fundacional para a Infância e Adolescência de Resende (Fundação Confiar). As oficinas socioeducativas, que estavam paralisadas por conta da pandemia, agora são realizadas de maneira remota, através de plataforma digital, como medida de segurança contra a Covid-19.

O presidente do Confiar, Jonatas Bianquini, o formato para retorno às atividades também foi preparado pensando em quem não tem acesso à internet, uma vez que esses alunos recebem e devolvem apostilas semanalmente com o conteúdo das oficinas. Já para quem possui acesso à internet, há uma plataforma que disponibiliza o conteúdo.

Neste momento, as oficinas disponíveis são de recreador de creche, auxiliar de sala de aula, empreendedor social, noções administrativas, barbearia, fotografia e educação ambiental. As aulas foram retomadas no início do mês passado, mas os alunos estão sendo incluídos de forma gradativa. Até o momento, a Fundação Confiar conta com 187 alunos para este período letivo. “Optamos por uma alternativa remota como a forma mais segura e uma maneira de não perder o período letivo. Mas também pensamos nos alunos que não possuem acesso à internet e eles podem solicitar as apostilas gratuitamente na sede da Fundação. No entanto, o comprometimento é o mesmo para ambos os casos e todos possuem condição de manter um rendimento satisfatório. Aos poucos, as oficinas educativas vão se adaptando ao momento vivido. Torcemos para que o município vença essa pandemia o quanto antes para que as aulas possam retomar ao modo presencial”, explica Bianquini.

Ainda de acordo com o presidente da Fundação, novas inclusões de alunos estão sendo realizadas aos poucos, respeitando a ordem da lista de espera dentre os cadastrados para as oficinas. “Com o retorno das atividades, os alunos também voltam a receber a bolsa de iniciação ao trabalho e aprendizagem (BITA), no valor de R$150”, informou.

error: Conteúdo protegido !