Complexo Industrial da Nissan fabrica 300 mil veículos em 60 meses

0

RESENDE

O Complexo Industrial da Nissan completou nesta segunda-feira, dia 15, cinco anos de operação. A primeira fábrica no Brasil e na América Latina foi inaugurada em abril de 2014 e já produziu mais de 300 mil veículos. No período entre 1º de abril de 2018 e 31 de março de 2019, foram produzidos 106 mil unidades, marcando o recorde de produção. Destaque para o veículo crossover Nissan Kicks, fabricado na cidade e que se tornou um dos líderes do segmento de SUVs compactos no país.

Os primeiros produtos fabricados em Resende foram o compacto Nissan March e o motor 1.6 16V flexfuel, produzidos sob o alto padrão japonês. A unidade é responsável também pela produção do Nissan Versa e do motor 1.0 12V flexfuel, além do Kicks.

São 300 mil veículos produzidos no Completo Industrial de Resende, em cinco anos de atividades

O Complexo Industrial da Nissan em Resende já recebeu mais de R$ 2,6 bilhões de investimento e possui um ciclo completo de produção. As atividades na unidade vão desde a área de estamparia até as pistas de testes, passando pela chaparia, pintura, injeção de plásticos, montagem e inspeção de qualidade, além da fábrica de motores. A planta conta com mais de 2.500 funcionários, trabalhando em dois turnos. “O Complexo Industrial da Nissan em Resende atingiu marcas importantes ao longo desses cinco anos. Foram mais de 300 mil veículos produzidos para o mercado interno e externo. Em Resende, temos uma equipe de milhares de funcionários comprometidos em entregar para os nossos clientes produtos produzidos no país com a qualidade e inovação japonesa”, diz Marco Silva, presidente da Nissan do Brasil.

EXPORTAÇÃO

O Complexo Industrial de Resende é um importante centro de exportação para a América Latina. Os modelos produzidos na cidade são enviados para oito diferentes mercados da região: Argentina, Bolívia, Chile, Costa Rica, Panamá, Peru, Paraguai e Uruguai. A unidade utiliza a Nissan Intelligent Mobility e conta com 97 robôs e 167 AGV’s (Automatic Guided Vehicles), veículos guiados automaticamente.

O projeto da fábrica prioriza a utilização de iluminação natural, o complexo tem sistema de tratamento de resíduos no processo produtivo, reutiliza a água e faz a segregação de resíduos sólidos para correta destinação de descarte. A iniciativa reduz as emissões de poluentes.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !