Caminhada de conscientização no trânsito é realizada em Barra Mansa

1

BARRA MANSA

Com o objetivo de conscientizar a população sobre os acidentes no trânsito, a campanha do Maio Amarelo surge, trazendo com ela orientações e forte apelo aos condutores. E mais uma vez o município de Barra Mansa aderiu à campanha. Na manhã de ontem, 16, os alunos do 5º ano, da Escola Municipal Júlio Branco, do KM 4, a Banda Marcial do projeto Música nas Escolas, e, pela primeira vez, os recrutas do Tiro de Guerra, realizaram uma caminhada pelo Centro da cidade, realizando a panfletagem com alertas e orientações.  Os participantes iniciaram a caminhada às 9 horas, em frente ao antigo restaurante popular, na Avenida Domigos Mariano, e encerraram na Praça da Igreja Matriz, na Avenida Joaquim Leite.

De acordo com o coordenador do Programa de Educação de Trânsito de Barra Mansa, o inspetor Agostinho Silva, no município foi registrado em 2018, cerca de 520 acidentes sem vítimas, e, neste ano, até o mês de maio, já foram registrados 182. “As principais causas de acidentes do nosso município são o excesso de velocidade, uso de bebida alcoólica e o uso do celular”, explicou o inspetor da Guarda Municipal, afirmando que essa caminhada serve para chamar a atenção da sociedade e tentar diminuir esses números.

Agostinho Silva falou ainda sobre as penalidades para essas infrações. “Mexer no celular enquanto dirige ou está em alta velocidade, é uma infração gravíssima, de R$ 295, e a perda de sete pontos na carteira. Já quem é pego dirigindo embriagado, paga uma multa de R$ 2,987 mil, tem a carteira de motorista cassada e pode pegar detenção de seis a três anos”, esclareceu, afirmando que a educação é o primeiro passo. “Nós conscientizamos até certo ponto, mas se a pessoa não respeita, então é a lei que prevalece”, afirmou.

FUTUROS MOTORISTAS

O projeto Sala de Trânsito, realizado pela Guarda Municipal de Barra Mansa, há três anos vai às escolas para conscientizar os alunos sobre o tema em questão. Para a diretora da Escola Júlio Branco, Cristiane de Carvalho Oliveira, ações como essas são essenciais para que os futuros motoristas cresçam mais conscientes. “Nas escolas estão os futuros motoristas. Além de eles estarem se preparando, as crianças também levam os ensinamentos para dentro de casa e chamam a atenção dos pais”, disse.

Um dos alunos que participa do projeto, e esteve na caminhada, é o Miguel Alessandro da Costa nascimento, de 11 anos. Ele afirmada que para se dirigir é necessário ter responsabilidade e cuidado. “Se eu tivesse que dar um conselho para algum condutor, seria não dirigir depois de beber e não mexer no celular enquanto dirige”, disse.

SOBRE O MAIO AMARELO

Em 11 de maio de 2011, a ONU decretou a Década de Ação para Segurança no Trânsito. Com isso, o mês de maio se tornou referência mundial para balanço das ações que o mundo inteiro realiza. O amarelo simboliza atenção e também a sinalização e advertência no trânsito. O Movimento Maio Amarelo nasce com a proposta de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. O objetivo do movimento é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil.

Os acidentes de trânsito são o primeiro responsável por mortes na faixa de 15 a 29 anos de idade; o segundo, na faixa de 5 a 14 anos; e o terceiro, na faixa de 30 a 44 anos.

1 comentário

  1. Quando se trata de educação, terá sempre o apoio da população, ganha-se todos, parabéns a todos os envolvidos. EDUCAÇÃO É TUDO , pode. faltar dinheiro mas, com iniciativa e envolvimento social surge grandes trabalhos. Parabéns que iniciativas de envolvimento como estas se repitam em nosso amado municipio

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !