Barra Mansa seguirá calendário estabelecido pelo governo federal na imunização da Covid-19

0

BARRA MANSA

O prefeito Rodrigo Drable usou as redes sociais na noite de ontem para fazer uma live para informar como será a distribuição de vacinas na cidade nessa primeira fase de imunização. Ele destacou que seguirá o calendário estabelecido pelo governo federal destinando o imunizante para idosos que vivem em asilos e deficientes e trabalhadores de saúde. No município não tem população indígena. O prefeito aproveitou para chamar atenção para o aumento de casos registrados e pediu consciência de todos.

Ele comemorou o fato da cidade ser a maior do Sul Fluminense com maior percentual de vacina por habitante. “Resultado das práticas que colocamos em ação”, diz.

O número de idosos institucionalizados vacinados nessa primeira fase será 112, serão oito doses para deficientes nesses locais e 2.029 trabalhadores de saúde. Ao todo 2.149 vacinas, lembrando que cada pessoa receberá duas doses.

Drable chamou atenção para os números de casos na cidade. Disse que na última semana publicou informações e muitas pessoas o cobraram sobre o alarme. Ele destacou que a intenção era essa porque o número de casos tem crescido e o comércio poderia fechar nessa semana. “Sérgio Gomes, nosso secretário de Saúde passou a tarde na Santa Casa para aumentar o número de leitos, já a partir de amanhã. Não queremos que o comércio feche, mas precisamos de ações simples, você cuidando de você, com máscara, distanciamento”, pede o prefeito.

Ontem eram 7.445 casos confirmados, 259 suspeitos e 230 pessoas mortas por Covid-19. Nos hospitais a taxa de ocupação em CTI era de 43% e na enfermaria 54%, próximos aos limites estabelecidos na Justiça de 50% e 60%, respectivamente, que significariam o fechamento do comércio.

error: Conteúdo protegido !