Vereador é impedido de filmar primeiro dia de vacinação

0

BARRA MANSA

No primeiro dia de vacinação em Barra Mansa, nessa terça-feira, 19, uma saia justa. O vereador Marcell Castro chegou ao Centro de Triagem e Tratamento da Covid-19, na Região Leste, onde estavam sendo aplicadas as primeiras doses de vacina quando foi impedido de entrar por ser um ambiente isolado. A justificativa era de que ele queria fazer vídeo informando da vacinação. Foi dito então a ele pelo secretário de Saúde, Sérgio Gomes, que o momento não era para vídeos de autopromoção.

“Lamentável que existam pessoas que ainda queiram se promover nesse momento. Invadiu uma área restrita e estava filmando pessoas sem autorização, com intuito de se autopromover como se participasse de algo. É um vereador que em momento nenhum da pandemia ajudou com nada, e ainda interrompe o trabalho da equipe”, disse Dr. Sérgio Gomes.

Foi falado que o vereador e seu assessor queriam tomar a vacina. A equipe do A VOZ DA CIDADE procurou Marcell Castro que destacou ser lamentável essa afirmação. “Em momento algum eu falei de tomar vacina, quero ser o último a ser vacinado. Seria um crime eu tentar me favorecer do cargo e o que foi dito é uma calúnia muito séria que precisa ser provada”, destacou, frisando que foi ao local não para filmar e se autopromover. Teria ido na condição de fiscalizar se o número de vacinas divulgado estava sendo aplicado. “Me identifiquei e autorizaram minha entrada, mas lá dentro o secretário fez alguns questionamentos. Creio que isso se deve ao ter sido o único vereador de oposição a ser reeleito”, completou. Marcell ainda frisou que tem diversas proposituras protocoladas e aprovadas na câmara para ajudar no combate ao coronavírus.

 

error: Conteúdo protegido !