Suspeitos de tráfico presos com fuzil em Angra são denunciados pelo MPRJ

0

ANGRA DOS REIS

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da 1ª Promotoria de Justiça Criminal de Angra do Reis, informou hoje à imprensa que ofereceu denúncia contra Nei Moreira Filho, conhecido como ‘Fofucho do Belém’, Paulo Henrique dos Santos Oliveira e Thalles Alves dos Santos Rangel pela prática dos crimes de associação para o tráfico de drogas e tráfico de drogas com emprego de arma de fogo.

Segundo informações do MPRJ, eles foram presos em flagrante no último dia 5 de junho, na favela Parque Belém, em Angra dos Reis, conforme divulgado na ocasião pelo A VOZ DA CIDADE. Após receber denúncias de que homens armados estariam praticando o tráfico de drogas na comunidade, policiais militares realizaram uma operação no local. Numa casa, encontraram Paulo Henrique e Thalles. No imóvel, os PMs apreenderam um fuzil calibre 5.56 mm, munições, material para endolação e 380 tubos de cocaína.

Na ocasião, após a descoberta da polícia, os dois suspeitos afirmaram que as armas, munições e drogas pertenceriam a Nei e indicaram o local onde ele poderia ser encontrado na comunidade. Os agentes então foram até a casa apontada e prenderam o suspeito.

Pela conduta dos três, o Ministério Público fluminense requer à Justiça suas condenações, de acordo com os artigos 33, 35 e 40, inciso IV, da Lei Federal n.º 11.343/06. A pena do artigo 35 é de três a 10 anos de prisão e a do artigo 33 é de cinco a 15 anos, podendo ser aumentada em até 2/3 em virtude do emprego da arma de fogo.