Programa idealizado entre Prefeitura de Volta Redonda e Caixa prevê saneamento com 50% dos recursos do Saae-VR

0

VOLTA REDONDA

Iniciada a nova etapa do projeto que visa implementar o saneamento universalizando os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário nas áreas de maior concentração de pobreza, no município.

O serviço será realizado por meio de um programa de parcerias entre a Prefeitura de Volta Redonda e a Caixa Econômica Federal (CEF), que visa a estruturação e assessoria técnica para tornar robusto o projeto de tratamento do esgotamento sanitário nos municípios. O serviço será realizado com 50% dos recursos do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae-VR).

O coordenador de projetos da Gerencia Nacional de Parcerias da CEF, Recieri Scarduelli, apresentou o projeto de parcerias e da concessão do esgotamento sanitário para Volta Redonda e parabenizou a equipe do Saae-VR. Disse que é um projeto inovador de saneamento básico e que dentro do projeto Volta Redonda se comprometeu, através do Saae-VR, tratar cerca de 50% do esgoto da cidade. “Atualmente tratamos apenas 37%. Manifestamos o interesse em ter uma assessoria e realizar um estudo técnico para colocar esse projeto em prática, que vai mudar a forma ambiental que Volta Redonda trata seu esgoto”, explicou o prefeito Samuca Silva.

O diretor do Programa da Secretaria de Fomento e Apoio a Entes Subnacionais, Manoel Renato, falou também da importância da iniciativa.

Para participar da parceira a Prefeitura de Volta Redonda entrou em um chamamento público e foi selecionada para tecer o projeto de Concessão do Esgotamento Sanitário.

MELHORAR A VIDA DA POPULAÇÃO

O chefe de missão da Governança das PPP no Brasil e representante do Departamento de Governança Econômica e Financeira, Nicolas Bourlon, destacou que os trabalhos na implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e nos resultados do Acordo de Paris são realizados com a finalidade de melhorar a vida de centenas de pessoas. “Acompanhamos a transição para um mundo mais seguro, justo e sustentável. Em julho deste ano firmamos um acordo internacional para priorizar alguns projetos, assim cooperando com os programas como o de esgotamento sanitário”, explicou.

Nesta semana, o prefeito Samuca Silva recebeu em seu gabinete a equipe de parceiras da Caixa Econômica Federal para abordar a Concessão do Esgotamento Sanitário de Volta Redonda. estiveram presentes também no encontro representantes da Gerencia Nacional de Parcerias da Caixa, Associação Pró-Gestão de Água da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul (AGEVAP), do Governo Federal e da Agência Francesa de Desenvolvimento. Essa é mais uma etapa do projeto que visa implementar o saneamento universalizando os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário nas áreas de maior concentração de pobreza.

 

 

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !