Prefeitura de Porto Real informa que aplicou mais do que o dobro dos recursos em saúde em 2019

0

PORTO REAL

Nessa semana a Secretaria de Saúde, em audiência pública na Câmara de Vereadores, apresentou dados referentes ao 3º quadrimestre de 2019, em cumprimento à Lei Complementar 141. Lá, foi apresentado que a prefeitura aplicou 29,5% de recursos públicos na área de saúde no ano passado. Esse número é quase o dobro do preconizado pelo SUS (15%).

O prefeito Ailton Marques (PDT) falou sobre gestão planejada, aliando recursos disponibilizados pelos governos federal e estadual. “Já iniciamos 2020 com boas notícias. Prova disso é o convênio assinado com o Governo do Estado, na ordem de R$ 4,4 milhões. Esses recursos serão utilizados na ampliação e modernização do Hospital Geral Municipal São Francisco de Assis e também para construir a Unidade de Saúde da Família do Parque Mariana”, explicou.

Segundo o secretário de Saúde, Luiz Fernando Curty Jardim, a prefeitura, durante o ano de 2019, realizou também melhorias como a revitalização do Centro de Reabilitação e o início dos grupos de lombalgia, que acontecem nas Academias da Saúde. “Também vale ressaltar que houve uma redução de cerca de 40% na fila de espera desse segmento”, disse Luiz Fernando que ainda enumerou outras ações da SMS, como 49.283 procedimentos ambulatoriais realizados pelo Laboratório Municipal e outros 15.212 hospitalares. Somente no 3º quadrimestre de 2019 foram atendidos mais de dez mil pacientes.

No Hospital Geral Municipal foram quase 50 mil atendimentos em 2019, sendo 13,4% de pacientes não residentes. Alem disso, através do Tratamento Fora de Domicílio (TFD), foram atendidas, em média, mil pacientes, que realizam procedimentos como: hemodiálise, radioterapia, quimioterapia, consultas, exames e cirurgias diversas.

Foram informados em audiência outros destaques do período, como Programa Saúde na Escola (100% da meta atingida com mais de três mil alunos atendidos); Saúde da Mulher (1.006 mamografias e 2.154 preventivos, índices acima da pactuação com o SUS); mutirões de consultas para cirurgias de espuma, ortopedia e oftalmologia e ainda procedimentos como: ultrassonografia; eletrocardiograma; mapeamento de retina e também a Campanha Novembro Azul, onde mais de 200 homens realizaram o Antígeno Prostático Específico (PSA), exame de próstata; dentre outros setores.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !