PF anuncia ação social de combate à pedofilia em Volta Redonda

0

VOLTA REDONDA
A Polícia Federal (PF) anunciou nesta sexta-feira, dia 26, em coletiva de imprensa realizada no Hotel Escola Bela Vista, a realização de um evento para combater a pedofilia. É a Corrida Federal Kids, que ocorrerá no dia 25 de março na Avenida Antônio Pedro Costa, a Radial Leste, no bairro Aeroclube. Além da prova, a expectativa é que haja exposições, palestras e informativos sobre como prevenir a pedofilia. O evento terá início às 8 horas e vai até ao meio-dia.

A corrida será dividida por idade e percursos, entre 600 metros e até dois quilômetros de distância. Segundo o delegado e presidente do Sindicato dos Delegados da Polícia Federal no Rio de Janeiro, Clayton da Silva Bezerra, a ideia é dar visibilidade, informação e assim prevenir os crimes de pedofilia que vem crescendo rapidamente, principalmente com o auxílio da internet.

“Com a internet a tendência é que haja cada vez mais casos de pedofilia. Antigamente, a minha mãe dizia onde eu poderia ir, com quem eu não poderia estar. Hoje, a criança ou adolescente pode estar dentro de casa, no quarto ao lado, mas os pais não sabem o que ele está fazendo, porque está no computador”, destacou Clayton que desde 2009 trabalha na Coordenadoria do Grupo de Repressão a Crimes Cibernéticos da Polícia Federal.

Bezerra destacou que o evento está em sua segunda edição e é voltado para toda a família, onde pais e filhos poderão ter contato com o tema. A primeira edição ocorreu em novembro do ano passado no Rio de Janeiro.

“A grande maioria dos pais nunca conversou sobre pedofilia com seus filhos. E, hoje, 70% dos crimes acontecem dentro de casa, no âmbito familiar. O abusador, na maioria das vezes, é um conhecido da vítima e exerce uma certa influência sobre ela. E a criança dá sinais. É um desenho, uma mudança de comportamento. Às vezes àquela criança que gostava de ir a escola passa a chorar para não ir, ou então fica muito quieta, e pode não ser só birra, são atitudes que devem ser investigadas pelos pais. Por isso a família deve estar atenta ao tema” frisou Bezerra, acrescentando que não há um perfil do pedófilo.
O delegado adjunto da delegacia da Polícia Civil de Volta Redonda (93ª DP), Marcelo Russo, lembrou que muitos casos ocorrem por conivência de um dos parceiros.

“Em Volta Redonda são cerca de 100 a 200 registros de abuso sexual e pedofilia por ano. E as meninas são as maiores vítimas desses abusos, que ocorrem muitas vezes por um familiar ou conhecido da família. E não é só o padrasto como muitos imaginam, por exemplo. Às vezes é um pai, e a mãe é conivente porque não quer expor a criança, ou por vezes o abusador é o provedor do lar. Então até a questão social influencia para que esse tipo de crime ocorra sem que haja o registro. Então o número deve ser muito maior do que esse que nós temos” disse Marcelo Russo.

O delegado fez questão de informar que até mesmo aquelas pessoas que recebem e armazenam vídeos e fotos de conteúdo pornográfico infantil estão cometendo um crime.

“Se o cidadão recebe essas fotos, vídeos e o mantém em sua galeria, em seu arquivo, num celular ou computador ele também está cometendo um crime. Por isso, quando receber algo desse tipo o recomendado é ir até a delegacia e fazer o registro” afirmou.

O delegado Pedro Paulo Simão da Rocha, da Delegacia da Polícia Federal de Volta Redonda, ressaltou a importância do evento e a participação da população. “Segurança pública não se faz sozinha. O exemplo foram as Olimpíadas e a Copa do Mundo no Brasil. Então por isso precisamos do apoio de todos, porque a união realmente faz a força”, finalizou.

Inscrição
Todas as crianças correrão acompanhadas por pelo menos um adulto. A inscrição para a Corrida Federal Kids custa R$ 80 e pode ser feita a partir do dia 1º de fevereiro pelo site: www.federalkids.com.br.

Segundo a Polícia Federal, o valor da inscrição é usado para cobrir os custos com os kits de corrida que incluem camiseta, sacochila e uma medalha. O evento conta com o apoio da prefeitura de Volta Redonda, através da Secretaria de Esporte e Lazer, do Corpo de Bombeiros, das Polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal e da Fundação CSN.

 

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !