Operação Égide: PRF prende motorista armado com espingarda em Paraíba do Sul

0

PARAÍBA DO SUL
Na tarde de sexta-feira (15), a Polícia Rodoviária Federal prendeu o motorista de um Toyota/CCROSS por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido. A abordagem ocorreu na BR-393, em Paraíba do Sul, após os PRFs receberem uma denúncia de que havia um homem manuseando uma espingarda no estacionamento de um restaurante às margens da rodovia.
Durante a operação Égide, voltada para o combate ao crime, equipe PRF realizava policiamento ostensivo na rodovia quando recebeu uma denúncia de um homem armado no estacionamento de um restaurante na beira da rodovia federal. Os policiais foram até o local e visualizaram um Toyota/CCROSS saindo do estacionamento do restaurante e seguindo pela BR 393, quando então deram ordem de parada ao condutor do automóvel. Ao se aproximarem do veículo para a abordagem, os PRFs perceberam que havia uma espingarda calibre 12 no console do carro. Os policiais então realizaram uma vistoria minuciosa no carro, e acabaram encontrando uma pistola 9 milímetros no porta-malas. A espingarda calibre 12, que estava carregada e destravada, pronta para uso, estava com a numeração suprimida (raspada); a pistola também estava pronta para uso, carregada e destravada.
Os policiais também encontraram no interior do carro 104 munições 9 milímetros e 50 munições de calibre 12. O motorista, 46 anos, de Vitória/ES, disse que comprou as armas e as munições em São Paulo, e que seria para acervo próprio. No instante em que os policiais efetuavam os procedimentos da abordagem, aproximaram-se alguns funcionários do restaurante informando que o homem e a mãe dele haviam comido e bebido no estabelecimento e saído sem pagar a conta. O homem foi preso por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e encaminhado à polícia judiciária local, com as armas, munições e o veículo apreendidos. Ele também responderá pela falta do pagamento no restaurante.
A Operação Égide, iniciada em 1º de outubro de 2021, faz parte do planejamento da PRF na repressão ao crime nas rodovias federais fluminenses. A operação foi desencadeada após análise e mapeamento dos principais pontos críticos do estado. As ações terão como principais objetivos o combate ao roubo de cargas, veículos e coletivos, e também ao tráfico de drogas e armas.