O que falta para você realizar o seu sonho?

0

SUL FLUMINENSE

Vontade não falta. Mas o que você tem feito, na prática, para que os seus sonhos se tornem realidade? Parece um tanto clichê falar sobre esse assunto, mas não custa lembrá-lo daquela lista enorme de metas a cumprir escritas na última virada do ano. Que tal abrir a gaveta (ou a mente) e resgatar todos esses desejos e torná-los reais? Se o que está lhe faltando são somente razões, coragem e boas doses de motivação, continue lendo essa matéria e inspire-se nas histórias de sucesso.

Mais de um bilhão de visualizações

Recentemente, o canal NacorreRia completou três mil inscritos, contabilizando mais de um bilhão de visualizações, sendo o maior influenciador digital da região, ocupando o top 250 do YouTube.

Um de seus criadores, Jhonatan Ferraz, realizou um sonho familiar. De acordo com ele, sua família sempre foi muito alegre, daquelas que se reúne para contar piadas, sua avó sempre escreveu roteiros tentou entregá-los para que alguém gravasse, mas não conseguiu. “Depois meu pai cresceu com essa ideia e também fazia seus roteiros e também tentou entregar para alguém, sem sucesso. Eu cresci nesse ambiente, adorava interpretar piada e, de tanto assistir filmes, resolvi fazer o meu. Com oito anos fiz meu primeiro vídeo, que a gente assistia no vídeo cassete”, relembra.

Com o surgimento do Youtube o ator viu a possibilidade de colocar em prática os seu sonho e tudo o que estava no papel. “Sempre achei extraordinário, sair na rua e ser reconhecido, receber o carinho de quem a gente nem conhece. Quando isso aconteceu pela primeira vez não sabia quem estava mais feliz: A pessoa por encontrar o cara dos vídeos. Ou eu, por estar realizando esse sonho”, conta.

O youtuber destaca que tanto a avó quanto o pai fazem participações especiais. “Minha avó tem 84 anos, e toda vez que ela grava um vídeo. A gente vê o olho dela brilhar, com aquele olhar que diz ‘Eu consegui’, isso faz tudo valer a pena, não tem dinheiro que pague isso”, lembrou.

Com quatro anos de existência o canal acumulou uma série de ‘nãos’ e muitas críticas. “Quando sai do trabalho e resolvi ficar só com os vídeos foram muitas críticas. Quando precisávamos de equipamentos e cenários pros vídeos só escutava ‘não’. E hoje as mesmas pessoas chegam e nos dão parabéns e temos fila de empresas da região que querem que usemos seu comércio como cenário para os vídeos”, comemora.

Recentemente o grupo promoveu uma grande festa para comemorar a marca histórica. O grupo agradeceu e estimulou os fãs a seguirem os seus sonhos. “Parece clichê aquele papo de acredite no seu sonho, mas é assim que funciona. No começo dificilmente você vai ter apoio de alguém e depende só de nós alcançarmos nosso objetivo, então acredite, sonhe, conquiste. Depois vão falar que você teve sorte, mas só você sabe o quanto trabalhou pra chegar aonde chegou”, aconselha.

Colunista social viveu o American Dream

Formado em Publicidade, o colunista do A VOZ DA CIDADE, Fábio Soares, desde garoto teve muitos sonhos, e pode  dizer que já realizou quase todos. Um deles era de conhecer a cidade de Nova York e morar nos Estados Unidos. “Ficava fascinado com toda aquela beleza, que via em filmes, queria viver aquele American Dream nem que fosse por algum tempo, acabei realizando isso em 2007 onde morei até 2008, claro foi pura emoção. Eu citei filmes né?! Então sempre amei atuar, faço teatro desde novinho, já fiz vários cursos de teatro, tv e cinema no Rio, e até hoje atuo nos palcos com a Cia Arte in Foco, de Barra Mansa”, relembra, acrescentando que cinema sempre foi um outro grande sonho. Ele contou que realizou no ano passado, produzindo e atuando no longa-metragem ‘A Gruta’, junto com o diretor/ator e amigo Arthur Vinciprova.

Fábio Soares, desde adolescente acompanhava prêmios da MTV, Billboard, Multishow, e vários outros, e sempre achou incrível ver aquela maneira de valorizar o profissional do meio artístico e sonhou em ter sua própria premiação também era um sonho. “Depois que me tornei colunista em 2008, despertou mais vontade ainda em realizar, mas para isso eu tinha que ganhar credibilidade com meu nome no meio. Este ano será a quinta edição do Prêmio Destaques VIP e só tenho que agradecer o carinho de todos patrocinadores, apoiadores, seguidores e da minha família e amigos que sempre incentivam”, falou.

Atriz global

No ar na atual novela das 19 horas ‘Verão 90’ com a personagem Tânia, a atriz resendense Marcela Siqueira vive o sonho de infância de ser atriz. Desde os oito anos ela já dançava e participava de apresentações na escola.

“Aprendi a fazer vitrine viva também com essa idade e um dia assistindo o programa Criança Esperança na televisão vi uma estátua viva e disse pra mim mesma que um dia eu faria esse trabalho nesse programa. De fato aconteceu em 2011, representei com outros cinco colegas, os bonecos do mestre vitalino, com direção do gênio Ulisses Cruz”, conta.

Marcela sempre gostou de artes em geral, muito curiosa, cresceu com esse sonho e foi através de cursos de modelo e trabalhos como vitrine viva que foi se aproximando de outras artes, como o teatro por exemplo. “Em 2007 resolvi cursar a faculdade de Teatro e uma coisa levou a outra, fiz vários cursos como sapateado, canto, interpretação e me formei também na Escola de atores Wolf Maya, que nos faz experimentar na prática outras formações técnicas como cenografia, figurino, direção e produção”, enumerou.

Com o lema, força, foco e fé, Marcela não vê sua trajetória como longa ou difícil, mas como desafiador e de persistência. “Minha motivação foi maior que o meu medo de enfrentar as dificuldades, então fui vivendo um passo de cada vez e aprendendo com o processo. A crença positiva também é muito poderosa, então se a gente foca, trabalha e acredita, tudo pode acontecer. Um não dói, mas isso me faz estudar mais, me preparar mais e entender que em qualquer profissão, a dedicação, a vocação e as habilidades devem que ser aprimoradas. Os ‘nãos’ me fazem crescer e acredito que tudo tem a sua hora. Então eu me esforço bastante para estar preparada pra  quando essa hora acontecer”, destaca a atriz.

Da veterinária as passarelas

O modelo barra-mansense Giuliano Raffaele tinha o sonho de ser veterinário, mas quis o destino que ele se realizasse profissionalmente nas passarelas. “No começo eu queria apenas levantar um dinheiro com os trabalhos até que tudo foi tomando uma proporção em que até mesmo eu me assustei e muito chegando até mesmo a fazer o evento de moda mais famoso do Brasil que foram fashion Rio e São Paulo fashion week. Depois que eu já estava no meio comecei a gostar e tudo foi se encaixando perfeitamente com o que eu sempre quis que fosse conhecer outros países, só não imaginei que seria trabalhando”, cita.

Raffaele destaca que o caminho pra se chegar a um patamar de modelo profissional não é fácil. “No começo confesso que foi bem sacrificante e sofrido pra mim, pois tive que trabalhar muito bem meu psicológico para aprender a lidar com os ‘nãos’. Hoje entendo que existem vários tipos de belezas e perfis e que se recebi um não aqui, lá na frente esse mesmo não pode se transformar em sim”, destaca.

O modelo ainda ressalta a importância de se correr atrás do sonho. “Se tem um sonho, vá atrás dele, mas não coloque todas suas expectativas em uma carreira, sonhe em ser feliz, sonhe em estar sempre bem consigo mesmo, corra sim atrás do que quer, mas nunca perca sua essência e não deixe que essas coisas falem sobre quem você é. A carreira de modelo não é apenas glamour, existe a vida por trás de fotos bonitas e desfiles glamurosos que não se diferencia da vida de qualquer outra pessoa que trabalha com qualquer coisa que seja. Sonhe em ser feliz. O restante que vier vai do seu merecimento e da sua luta”, conclui.

 

 

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !