Jovem em condição de vulnerabilidade é resgatada pela PRF às margens da BR-393, em Barra do Piraí  

0

BARRA DO PIRAÍ

Durante patrulhamento de rotina pela BR-393, na noite do último sábado, dia 28, agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) tiveram a atenção voltada para uma mulher que caminhava às margens da rodovia de forma perigosa. Correndo sérios riscos de ser atropelada, a jovem foi resgatada pelos policiais.

Quando os agentes abordaram a mulher, perceberam que ela apresentava características de alguma possível deficiência intelectual e visivelmente vulnerável. Apesar das dificuldades de comunicação,  a equipe conseguiu que ela aceitasse receber ajuda, quando então a  encaminhou até o posto PRF de Barra do Piraí, onde providenciou alimentação e atenção especializada junto com a equipe médica de resgate da Concessionária K-Infra que foi chamada para auxiliar e compareceu a local.

A mulher não portava documentos e não sabia explicar sua origem ou parentescos.

CENTRO DE APOIO INTEGRADO OSWALDO ARANHA

Sendo assim, enquanto ela permanecia sob a guarda e os cuidados médicos, outra equipe PRF se deslocou até um Educandário para pessoas em condição de vulnerabilidade chamado Centro de Apoio Integrado Oswaldo Aranha (CAI), localizado no distrito de Dorândia para procurar ajuda na tentativa de conseguir informações que pudessem levar aos familiares.

Ao chegar ao local, os agentes foram informados que uma das internas de 23 anos estava desaparecida desde o fim da tarde, e já haviam realizado diversas buscas por todo distrito e arredores sem encontrá-la. A diretora responsável pela unidade seguiu junto à equipe de volta ao posto quando a interna foi reconhecida.

Juntas, as equipes se deslocaram até o CAI em Dorândia, onde a interna foi devolvida e novamente acolhida. De acordo com a diretora responsável,  a família encontra-se na cidade de Araruama e vive em situação de extrema pobreza não tendo condições de cuidar da mesma.

 

error: Conteúdo protegido !