Encontrada parte de asa que pode ser do bimotor que caiu no mar entre divisa dos estados

0

SÃO PAULO/PARATY

A Marinha do Brasil confirmou, por meio de nota, que encontrou, na segunda-feira, dia 6, parte de uma asa que pode ser da aeronave de prefixo PP-WRS que no dia 24 de novembro caiu no mar de Paraty na divisa com Ubatuba, São Paulo, com três pessoas a bordo. O corpo de uma delas já foi encontrado. O comunicado foi feito por meio do Comando do 1º Distrito Naval.

“A embarcação Isabela II, que navegava em área próxima a do acidente, avistou um material na superfície do mar, entre a Ilha de Búzios e a Ilha da Vitória, ao Norte da Ilha de São Sebastião (Ilhabela), que supostamente seria parte da asa da aeronave desaparecida”, disse a nota, completando: “A equipe de Busca e Salvamento (SAR) da Delegacia da Capitania dos Portos de São Sebastião foi acionada para a região, a fim de verificar a informação. Ao chegar ao local, recolheu e transportou o material para a organização militar com o intuito de disponibilizá-la ao Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), órgão responsável pela investigação”.

A nota disse ainda que o fato compreende a 2ª fase de buscas (colaboração/oportunidade) e faz parte do resultado da participação permanente da comunidade marítima em apoio às Operações de Busca e Salvamento (SAR), que mantêm a divulgação do desaparecimento dos dois tripulantes, diariamente, por meio de Avisos-Rádio.

“A Marinha se solidariza com familiares e amigos dos tripulantes, e mantém contato com familiares diretos, passando informações tempestivas e relevantes sobre esse evento”, finalizou a nota.

O CASO

No  24 de novembro, um bimotor com três pessoas a bordo caiu no mar de Paraty na divisa com Ubatuba, São Paulo. Até o momento um corpo foi encontrado, o do piloto Gustavo Carneiro. O copiloto José Porfírio de Brito Júnior, 20 anos, e o empresário Sérgio Dias, 45, não foram encontrados.