Deputado se reúne com Associação Ferroviária para implantar o Expresso Agulhas Negras

0

REGIÃO DAS AGULHAS NEGRAS

Os municípios de Resende e de Itatiaia poderão ganhar um trem turístico e aumentar ainda mais o potencial do setor na localidade. Para tratar sobre a implantação do Expresso das Agulhas Negras, que vai ligar Resende até o distrito de Engenheiro Passos, perfazendo 29 quilômetros, o deputado estadual Noel de Carvalho (PSDB) esteve reunido recentemente, em seu gabinete na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), com integrantes da Associação Fluminense de Preservação Ferroviária (AFPF) responsável pelo projeto. O filho do deputado, o ex-prefeito de Resende, Sílvio de Carvalho também participou da reunião.

O traçado do Expresso das Agulhas Negras vai ligar Resende ao distrito de Engenheiro Passos, podendo ter um ponto de parada em Penedo, e terá capacidade para transportar 140 mil passageiros. O trem funcionará aos sábado, domingos e feriados. “São 29 quilômetros. A linha férrea já existe e a gente está otimista com esse projeto que tem tudo para se concretizar o mais rápido possível porque, dos projetos que a Associação Fluminense de Preservação Ferroviária tem apoiado, esse é um dos que estão mais em condições de ser executado”, disse o presidente da Associação, Ricardo Lafayette.

Trem vai ligar Resende ao distrito de Engenheiro Passos e poderá capacidade para transportar 140 mil passageiros -Divulgação

Para o deputado Noel de Carvalho, que compõe a Comissão de Turismo da Alerj, o Expresso Agulhas Negras pode fomentar ainda mais o setor turístico na região, área tão castigada pela pandemia da Covid-19. O parlamentar, agora, vai se reunir com representantes do Conselho Regional de Turismo das Agulhas Negras para debater o projeto. “Vamos apresentar esse projeto e também discutir outras demandas do setor para a região”, explicou Carvalho, que classificou o encontro como uma volta ao passado, já que lembrou do seu tempo de criança quando se divertia com o movimento da estação.

Noel relembrou ainda das vezes em que usou o trem. “Estudava em São Paulo e ia para Engenheiro Passos de trem. O transporte fez parte da minha infância. Ia muito com meu pai à estação para fazer compras. E quando fui para o Rio me casar, fomos de trem, eu e meus pais”, revelou Noel que neste sábado, dia 13, estará reunido com o Conselho Regional de Turismo e vai colocar na pauta a criação do Expresso Agulhas Negras. “Vamos buscar mais sugestões para ajudar na implementação do projeto turístico”, completa.

error: Conteúdo protegido !