Bem-aventurado aquele que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos

0

Pois comerás do trabalho das tuas mãos: feliz serás, e te irá bem. A tua mulher será como a videira frutífera aos lados da tua casa; os teus filhos como plantas de oliveira à roda da tua mesa. Eis que assim será abençoado o homem que teme ao Senhor.(Salmos 128). Nenhuma moça ou rapaz sai da casa de seus pais com o intento de casar para ser infeliz. Muito pelo contrário; seus sonhos são de felicidade, alegria e realizações. Mas, é muito importante que os jovens estejam conscientes que existe um preço a pagar pela felicidade deles no seu novel lar. Este preço garante estabilidade, firmeza, longevidade e realizações. São preços que aparentemente parece “barato”. Mas, pela importância, torna-se caro.

Exige uma vigilância permanente sob a responsabilidade de ambos. São preços que são tirados da alma, de uma vida acostumada a satisfazer o seu ego, a sua vontade, seu orgulho, sua vida de assistência dos pais. Agora são eles mesmos que terão de assumir. Como diz a Palavra de Deus: Agora não são mais dois; mas uma só carne. Vão ter que compartilhar, os ganhos, os bens adquiridos, a alegria, os bons momentos; como também os problemas, as dificuldades, os desafios. Um terá que ficar ao lado do outro; porque foram unidos não só pelo amor, mas também pela lei, pelos parentes, pelos colegas, pelos padrinhos e pela sociedade. Terão que enfrentar de cabeça erguida, passos firmes. Nem tudo são mar de rosas. O importante é que estejam sempre focando o momento de passar por cima as indiferenças, de deixar para trás os atropelos e nunca ficar agarrado com o que lhe trouxe tristezas. Divorcio. Nem pensar! Porque o homem ou a mulher não deve rasgar o que Deus “assinou”.

Lembrem-se dos momentos de corações apaixonados. A bíblia diz que o amor é o vinculo da perfeição. Então, tenham como alvo o amor; nas palavras, nas atitudes, na ajuda, na responsabilidade de esposo e pai, e ela de esposa e mãe. No sofrimento, na muita paciência porque tudo isso é um alto preço a pagar, Ou não é? Mas o casal se uniu para vencer todos os desafios. Os filhos virão e eles não merecem encontrar seu ambiente destroçado pelo orgulho, e contendas. Eles merecem ser felizes, viverem em paz, desfrutar do amor nos corações dos seus primeiros e maiores amigos. Que são seus pais.

Foi Deus que instituiu o casamento e Ele não faria algo que trouxesse infelicidade ás suas criaturas. Paguem o preço da humildade, da honestidade, da presteza de um para com o outro; procurem sempre fazer o outro feliz. Acumulem um coração de amor, de perdão de esperança, de submissão. Busquem a ajuda de quem idealizou o casamento, Ele é perito em dar assistência. Jesus disse: Eis que estou á porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta; eu entrarei e cearei com ele e ele comigo.

(Apocalipse 3.20).

 

Pr José Edson

Av. Pres. Kennedy 1502

 

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !