Zoológico de Volta Redonda realiza curso de manejo de animais silvestres para o Corpo de Bombeiros

0

VOLTA REDONDA
Nesta semana, o Zoológico Municipal de Volta Redonda (Zoo-VR) organizou um curso repassando técnicas de manejo de animais silvestres para o 22º Grupamento de Bombeiro Militar (GBM). A capacitação, que aconteceu de 19 a 22 deste mês no Zoo, teve como objetivo capacitar os bombeiros para oferecer o melhor atendimento aos animais da fauna local – em caso de acidente ou resgate.
Responsável pelo curso, o biólogo do Zoológico Municipal, Jeferson Miranda, destacou que a capacitação foi a pedido dos bombeiros. A iniciativa abordou sobre o controle de riscos em capturas e contenções de animais, cuidados com filhotes, além de atividades práticas no local.
“A capacitação abordou a história dos zoológicos e sua evolução ao longo do tempo, conceitos de ecologia, noções básicas de captura e manejo de animais silvestres, equipamentos de proteção individual (EPIs) e o fluxograma da rotina dos trabalhados executados pelo Zoológico Municipal. Além disso, os bombeiros percorreram os recintos, conhecendo alguns animais e seu histórico de chegada e residência no Zoo”, esclareceu Jeferson.
CAPACITAÇÃO IMPORTANTE
O biólogo ainda citou que a capacitação tem papel importante na segurança dos profissionais e no bem-estar dos animais. “Diante da expansão de áreas urbanas, muitos animais silvestres acabam sendo encontrados em vias movimentadas, como avenidas, ruas e até rodovias. O Corpo de Bombeiros acaba atuando na retirada do animal e no transporte até o Zoológico Municipal, por exemplo, ou para outro centro de tratamento e reabilitação junto aos órgãos estaduais. Por isso, manusear um animal silvestre é fundamental, tanto para o profissional quanto para o próprio animal”, falou.
Este tipo de capacitação é possibilitado graças à parceria de longa data que o Zoológico Municipal possui com o Corpo de Bombeiros, para o recebimento de animais silvestres e também no fomento de ações de capacitação e educação ambiental.
Quem encontrar um animal silvestre ferido, em risco de vida ou que possa oferecer risco à população, deve entrar em contato com o Corpo de Bombeiros, através do número 193.