Voos para cidades do litoral do estado reforçam retomada do turismo

0

COSTA VERDE

A retomada do turismo do Estado do Rio receberá um reforço. A Azul Linhas Aéreas passará a operar com voos comerciais regulares para Angra dos Reis, Paraty e Búzios, saindo de São Paulo, Minas Gerais e do aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro. A companhia também aumentará a oferta de voos para Cabo Frio. O anúncio foi oficializado na quarta-feira, dia 25, no Palácio Guanabara, no Rio, em encontro de diretores da empresa com o governador em exercício Cláudio Castro e prefeitos dos quatro municípios da Costa do Sol e da Costa Verde.

A iniciativa faz parte da campanha Verão Azul Conecta. Entre 14 de dezembro e 31 de janeiro de 2021, a companhia terá voos decolando de Congonhas para Angra e Paraty; do Santos Dumont para Angra e Búzios; e de Belo Horizonte para Búzios.  Essas cidades são os principais destinos procurados pelos turistas durante o verão no estado fora da capital. As passagens para todos os voos da alta estação já estão à venda. Com capacidade para nove passageiros, as aeronaves vão realizar 38 voos diários. “O aumento do número de voos para as regiões litorâneas durante o verão será muito importante não só para o turismo, mas também para o desenvolvimento do nosso estado, gerando mais empregos. Agradeço à companhia Azul por acreditar no Rio de Janeiro, e é fundamental que tenhamos uma retomada segura e consciente”, afirmou o governador em exercício Cláudio Castro.

Cláudio Castro e o diretor da Azul fizeram o anúncio de novos voos da Azul linhas aéreas – Rogério Santana

O turismo foi um dos setores mais impactados pela pandemia da Covid-19 e, desde março, o Governo do Estado trabalha para estruturar a retomada das atividades, seguindo todos os protocolos das autoridades sanitárias. A secretária de estado de Turismo, Adriana Homem de Carvalho, ressalta que essa parceria será importante na recuperação da economia do turismo nas regiões da Costa do Sol e Costa Verde. “Esse projeto é de extrema importância para incentivar os turistas a buscarem destinos em cidades do Rio que não tinham essa conectividade. Os municípios de Angra dos Reis, Paraty, Búzios e Cabo Frio são muito procurados nas férias de verão por causa das belíssimas praias e de todos os atrativos que oferecem. A possibilidade de acessar essas cidades por transporte aéreo vai otimizar o tempo de deslocamento e, com certeza, incentivar a escolha desses destinos, assim como regiões próximas”, destacou a secretária.

O secretário de estado de Transportes, Delmo Pinho, lembrou que o turismo fomenta o desenvolvimento regional e acrescentou que há planos para ampliar voos a outras regiões do estado. “A aviação no turismo é um fator de desenvolvimento. Estamos falando de um transporte seguro e mais rápido. A aviação impacta diretamente no turismo, promovendo empregabilidade, melhores taxas de ocupação hoteleira, movimenta restaurantes, táxis. Vamos trabalhar fortemente para equipar melhor os aeroportos do estado, em parceria com o governo federal, e vamos desenvolver meios de atender outros destinos, como Resende, que é um local turístico e industrial”, afirmou.

Cláudio Castro recebeu as autoridades dos municípios e da empresa de aviação – Rogério Santana

O diretor de relações institucionais da Azul, Marcelo Bento, contou que atender regiões litorâneas do Rio já estava nos planos da empresa. “O Rio de Janeiro é um mercado muito importante para a Azul. Temos grande volume de operações aqui, principalmente no Santos Dumont. Este ano foi possível realizar projetos que estavam na prateleira há muito tempo, como atender Angra, Paraty e Búzios. Agora temos condições de operar aviões capazes de acessar esses três aeroportos. Cabo Frio já fazia parte da nossa rota, mas a novidade são os voos de jato de grande porte, com 118 assentos, vindos de Congonhas”, ressaltou.

TURISMO CONSCIENTE

Devido à pandemia da Covid-19, o Rio de Janeiro está inserido na campanha de Turismo Consciente para ajudar a fomentar o setor no estado, considerando todas as orientações da secretaria de Saúde. A iniciativa estimula os estabelecimentos de hospedagem, restaurantes e atrações para a retomada das atividades e reforça a necessidade de realizar os serviços de forma ordenada e protegida.

O Rio de Janeiro conta ainda com o selo Turismo Consciente, que orienta empresas do setor a adotar em suas rotinas as recomendações sanitárias. Os prestadores de serviços turísticos podem se cadastrar no site www.turismoconscienterj.com.br para ter acesso ao manual ‘10 Mandamentos para o Turismo Consciente’, em que há os critérios para obter do selo.

error: Conteúdo protegido !