Volta Redonda é a cidade da região com mais denúncias sobre descumprimentos contra a Covid-19

0

RIO/SUL FLUMINENSE

O Disque Denúncia começou a semana registrando 321 informações referentes a descumprimentos ao que se refere às normas para combater o novo coronavírus (Covid-19) em todo o Estado do Rio de Janeiro. No total, foram 431 denúncias na segunda-feira, dia 30, sendo as demais referentes a outros crimes, como localização de traficantes e até mesmo a comercialização de entorpecentes. Os analistas estão publicando relatórios diários sobre esta distribuição e Volta Redonda, na região Sul Fluminense, foi a cidade que mais realizou queixas referentes ao assunto.

Segundo apurado pelo A VOZ DA CIDADE, o valor de 321 ligações é equivalente a 74,47% das denúncias registradas no sistema, na segunda. Desde que começou a receber ligações sobre a Covid-19, foram 3.131denúncias.

Na segunda, foram 23 ligações só em Volta Redonda, Barra Mansa 20, Angra dos Reis 18 e Mangaratiba oito.

Para fazer esta avaliação, a equipe lê todas as informações e considera os principais termos utilizados, além dos assuntos.“O que mais nos chamou atenção pelas leituras é que não há nenhum sinal de pânico ou desespero nas afirmações. São sensatas e estão de acordo com as determinações das autoridades de saúde, permanentemente citadas nas reclamações sobre o desvio das recomendações oficiais”, comentou em nota o Disque Denúncia, explicando ainda que  muitas denúncias são um tanto irrelevantes, mas todas estão falando a verdade.

A equipe explica ainda que não há absurdos nem repetição das FakeNews correntes. “O que também encontramos é reforço das instruções de higiene, inseridas nas reclamações, e uma forte resistência aos grupos, que são citados como desafiadores da situação e que colocam a população em risco”, contou, ressaltando que, em suma: “na avaliação que pudemos fazer pelas leituras (e continuaremos a fazer), a população apóia firmemente as medidas estabelecidas pelo Estado, e está apenas preocupada com certos grupos que não parecem acreditar na seriedade da situação. Há uma clara preocupação como os idosos, e com o fato de que todos têm que evitar sair de casa”, finaliza a equipe do Disque Denúncia.

As informações no Sul Fluminense podem ser feitas ao Disque Denúncia, pelo telefone 0300 253 1177 (custo de ligação local) ou ainda pelo aplicativo “Disque Denúncia RJ”.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !