Vereador de Volta Redonda convoca população para mais um dia de cadastro de doadores de medula óssea

0

Visando repetir o sucesso da primeira campanha de capacitação de medula óssea, ocorrida no município no mês passado, o vereador Paulinho Raio X está convocando a população para mais uma ação. Trata-se de mais um Dia X de cadastro de doares que irá acontecer no dia 21 de julho, em Volta Redonda. Será das 8 horas às 16 horas, no Centro de Prevenção à Saúde do Idoso da Associação dos Aposentados e Pensionistas de Volta Redonda (AAPVR), na Rua 535, 835, no bairro Jardim Paraíba.

O evento Paulinho Raio-X, que vem chamando a atenção das pessoas para participarem do evento em prol da vida, é um dos responsáveis pela presença da equipe do Hemorio em Volta Redonda, tanto no mês passado, quanto no dia 21 de julho. O que motivou o parlamentar a entrar na campanha foi o sofrimento de algumas famílias da cidade e região que, para obter doadores para seus entes são obrigadas a bancar transporte, diariamente,  para levar doadores ao Rio de Janeiro. Sua primeira ação foi conseguir que a equipe do Hemorio viesse ao município. E como a primeira campanha foi um sucesso, o vereador decidiu tentar de novo.

O menino Rafael Morais, de dez meses de idade, residente no bairro São Lucas, é um dos que está a espera de uma doação de medula. Portador de uma doença rara, a Síndrome de Wiskott Aldrich, Rafael necessita do transplante de medula óssea. Com a presença da equipe do Hemorio na cidade, muitas pessoas puderam se cadastrar na campanha e com essa segunda ação, os que não participaram terão a chance de fazer isso no dia 21 de julho.

Vale lembrar que, a pessoa que quiser participar da campanha deverá ir ao local e fazer o cadastro. Para isso, é necessário que o interessado preencha uma ficha com dados pessoais, como nome, endereço e telefone. Cadastrada no Redome como doador voluntário de medula óssea, e caso seja compatível o paciente deverá entrar em contato com o doador para fazer  novos testes para em seguida combinarem a punção. Pode  se cadastrara como doadora pessoas com 18 até 55 anos de idade, estar em bom estado geral de saúde, não ter doença infecciosa ou incapacitante, não apresentar doença neoplásica (câncer), hematológica (do sangue) ou do sistema imunológico. Vale lembrar que, algumas complicações de saúde não são impeditivas para doação, sendo analisado caso a caso.

 

 

error: Conteúdo protegido !