Tomada Urbana ato X ocupa ruas, bairros e praças de Barra Mansa

0

 

Franciele aleixo

[email protected]

 

BARRA MANSA

Realizado desde 2009 pelo Coletivo Sala Preta, o Tomada Urbana ato X chega a sua 10ª edição com uma programação de 10 dias de teatro, dança, artes visuais, performances, poesia e oficinas. As atividades começaram ontem e seguem até 9 de dezembro.

O festival acontece em diversas praças do Centro de Barra Mansa (RJ), além dos Bairros Bom Pastor e Roberto Silveira, vizinhos ao Tulhas do Café, no Parque da Cidade, espaço que o coletivo ocupa há 7 anos com atividades ininterruptas de formação, produção, circulação e pesquisa da linguagem teatral. Toda a programação é aberta ao público e gratuita. Todas as atividades foram construídas colaborativamente com grupos e artistas de Barra Mansa, Volta Redonda, Resende, Rio de Janeiro, Angra dos Reis, Taubaté e da cidade de Rosário, na Argentina.

De acordo com a produtora do Tomada Urbana, Luisa Ritter, em seu 10º ano de resistência e militância por espaços líquidos de convivência e exibição e produção de arte. “O Tomada Urbana tornou-se conhecido por suas atividades serem desenvolvidas a partir dos seguintes eixos temáticos: Formação, Produção, Difusão e Convivência com oficinas gratuitas. Desde 2006, o festival consta no calendário cultural de Barra Mansa, Lei nº 4.602/2016”, destaca.

Para ela, poder oportunizar ao cidadão o contato gratuito com artistas de vários lugares do mundo em seu território cotidiano, é sem dúvida, a grande realização do Tomada Urbana. “As oportunidades de consumo cultural, especificamente em artes cênicas, são economicamente inviáveis para a maioria da população. Em 2018, comemoramos uma década de invasão poética das ruas e perante o cenário político e social que se configura a sociedade brasileira, a arte e a sensibilidade se tornam urgentes! O Tomada Urbana se tornou um ato de resistência. Agora, mais do que nunca, é necessário ir ao encontro das pessoas, nos relacionar com a comunidade em que vivemos, povoar com arte e poesia a silhueta urbana, gerando novas formas de relação no cotidiano e no espaço da cidade”, aponta.

Quem realiza

Coletivo Sala Preta, fundado em 2009, em Barra Mansa/RJ, destaca-se no teatro de rua, nas articulações em redes, na realização de projetos culturais contínuos e no diálogo com diversas linguagens artísticas. O Sala Preta atua na elaboração, investigação, planejamento, produção coletiva e distribuição do bem cultural por meio de intercâmbios com artistas, grupos,  apresentações de espetáculos autorais, cursos e oficinas em diversos estados brasileiros e em outros países.

 

Espetáculos

NOVEMBRO

Dia 28 – Praça da Matriz

10h Cortejo pelas ruas do Centro de Barra Mansa

14h30 Teatro: Estamos em Obras – Coletivo Sala Preta (Barra Mansa)

Dia 29 – Praça da Matriz

14h30min Teatro: Estamos em Obras – Coletivo Sala Preta (Barra Mansa)

Performance Poética: Ruído Permanente – Marianela Luna (Rosário, Argentina)

Operação Lambe Lambe – Porque sou forte? Coletivo Nebulosas (Resende)

Dia 30 – Bairro Bom Pastor

17h30min Oficina: Mandala – Luisa Ferreira (Barra Mansa)

Oficina: Jovem Montanhista (Resende)

Brincadeiras Infantis

Operação Lambe Lambe – Porque sou forte? Coletivo Nebulosas (Resende)

DEZEMBRO

Dia 01-Bairro Roberto Silveira

15 horas-Teatro: Feira Medieval de Variedades – Curso Sala Preta (Barra Mansa)

Performance: Tecitura – Coletivo Flor de Maio (Volta Redonda)

Performance: Pregador Pregadora – Gabriel Sanpêra (Barra Mansa)

Performance: Borralho ou bruma do lume envolta com sua cinza – Encontros para estar em Cia. de Samuel Beckett (Rio de Janeiro)

Operação Lambe Lambe – Porque sou forte? Coletivo Nebulosas (Resende)

Dia 05 – Praça da Matriz

14h30min Teatro: Estamos em Obras – Coletivo Sala Preta (Barra Mansa)

Performance: Geração Queen – Lílly Riuby e Stacy Riuby (Barra Mansa) – Gare da Estação

Dia 06 – Praça da Matriz

14h30min- Teatro: Estamos Em Obras – Coletivo Sala Preta (Barra Mansa)

Dia 07 – Rua Rio Branco, Centro

17 horas- Música: Catch a Fya (Barra Mansa)

Dança: Corpo Consciente – Henna Melo (Volta Redonda)

Poesia: Versos Ferinos – Albinno Oliveira Grecco (Barra Mansa)

Poesia: Nu de boca, palavra desengavetada – na Mira ira (Barra Mansa)

Performance Poética: Ruído Permanente – Marianela Luna (Rosário, Argentina)

Performance: Gangorra – Demonstração Of. Projeto Teatro para Viver (Barra Mansa)

Performance: Amapo – Vika Flor (Barra Mansa)

Performance: Penetrações Infinitas – Toda (Barra Mansa)

Operação Lambe Lambe – Porque sou forte? Coletivo Nebulosas (Resende)

Dia 8- Praça de Matriz

15 horas- Teatro: Feira Medieval de Variedades – Curso Sala Preta (Barra Mansa)

Teatro: O Mito de Sísifo – Coletivo de Teatro Contramão (Taubaté SP)

Teatro: Alguém acaba de morrer lá fora – Cia Chão De Estrelas (Angra dos Reis)

Dia 09 – Sala de Espetáculos Tulhas do Café

10 horas- Oficina: Comunicação Criativa com Luisa Ritter (Sala Preta – Barra Mansa)

12 horas- Almoço Coletivo

14 horas- Oficina: Colagem Manual – Epigrafart (Volta Redonda)

16 horas- Encontro Tecendo Redes (convidados: grupos participantes e Rede Maré)

20 horas- Encerramento

 

OFICINAS

Oficina Comunicação Criativa- Com Luísa Ritter – 9 de dezembro – 10 às 12 horas

Oficina-prática voltada para comunicação e divulgação de projetos, marcas e processos artísticos. O encontro propõe uma apresentação de ferramentas que auxiliem o dia a dia de coletivos e agentes culturais que visam a divulgação do seu trabalho. Falaremos de práticas e conceitos para uma boa estratégia de comunicação, que seja efetiva e criativa.

Oficina: Colagem Manual- Com Beatriz Silva – Epigrafart (Volta Redonda)

9 de dezembro – 10 às 12 horas

Esta oficina, além de apresentar as possibilidades da arte da colagem, também dissemina algumas técnicas de criação empíricas, valorizando, principalmente, o processo de construção da imagem por meio dos sentidos e do autoconhecimento. A oficina é uma oportunidade de desacelerar diante do caos interno, olhar para dentro de si e mergulhar no universo criativo.

Oficinas

Em todas suas edições, o Festival Tomada Urbana oferece uma programação de oficinas abertas a todos interessados. As atividades fazem parte do programa de ocupação do Tulhas do Café, no Parque da Cidade, em Barra Mansa. informações e inscrições [email protected] ou pelo whatsapp (24) 998435247.

 

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !