Resende tem primeiro caso suspeito do Coronavírus do Sul Fluminense

0

RESENDE

A prefeitura de Resende, por meio da secretaria de Saúde confirmou nesta quinta-feira, dia 27, em nota oficial, o registro do primeiro caso suspeito de Coronavírus (COVID-19) na cidade. Uma paciente jovem deu entrada no pronto atendimento do Hospital Unimed com sintomas respiratórios conforme critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde. Ela também tem histórico de passagem por área de risco nos últimos dias, por exemplo, visitado países da Europa, entre eles a Itália que registra 600 casos da doença e ainda 17 mortos.

Segundo protocolo determinado pelo Ministério da Saúde, a paciente teve material coletado para análise e enviado para o Laboratório Central de Saúde Pública do estado (Lacen-RJ). O resultado deve sair em até 72 horas.

Com quadro clínico de sintomas respiratórios leves e não portadora de doenças crônicas, a paciente foi liberada para tratamento domiciliar e orientada a isolamento social em sua residência. Ela vai ser acompanhada pelo serviço de epidemiologia do município.

A nota oficial destaca ainda que o caso é uma suspeita, não sendo necessário alarmar a população. “No entanto, é importante continuar tendo os cuidados básicos de prevenção ao contágio, como lavar as mãos com água e sabão ou usar antisséptico à base de álcool, limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado e não compartilhar objetos de uso pessoal”, ressalta a nota.

HOSPITAL

O Hospital Unimed Resende informou também, em nota oficial, que além de notificar a vigilância epidemiológica do município sobre o caso suspeito de paciente infectado pelo Coronavírus, a unidade hospitalar continua funcionando normalmente e reforça que todos os protocolos de segurança foram adotados, não havendo motivo para pânico.

DÉCIMO CASO INVESTIGADO NO ESTADO

Este será o décimo caso suspeito de Coronavírus que está sendo investigado no Estado do Rio de Janeiro. Sendo que oito deles, de acordo com mapa divulgado através de plataforma exclusiva do Governo Federal, oito desses casos já foram descartados.

O resultado deve sair em até 72 horas-Governo do Estado

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) está em alerta máximo e pronta para enfrentar o Coronavírus, caso alguma suspeita seja confirmada em território fluminense. Na quarta-feira, dia 26, o Ministério da Saúde anunciou o primeiro caso no Brasil, de um morador de São Paulo, de 61 anos, que recentemente esteve na Itália.

Até o momento, a China é o país mais afetado, com mais de 78 mil casos da doença e 2,7 mil mortes.

No mês passado, a Secretaria elaborou e definiu um plano de contingência para enfrentar um possível surto de Coronavírus no Estado. Ele é capaz de provocar epidemias e pode evoluir a pandemias. Para proteger o cidadão fluminense do 2019-nCoV, a Secretaria definiu objetivos estratégicos, a fim de evitar a disseminação desse novo vírus entre uma população sem imunidade para este subtipo viral.

O plano emergencial tem a intenção de sistematizar ações e procedimentos de responsabilidade da esfera estadual de governo. Ficou decidido que a Secretaria de Estado de Saúdevai apoiar em caráter complementar os gestores municipais no combate a um possível surto de Coronavírus, precavendo-se e organizando o enfrentamento de tudo aquilo que sair da normalidade.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !