Programa Saúde na Escola chega a mais três unidades com atividades educativas

0

A Prefeitura de Resende, através da Secretaria Municipal de Saúde, segue com o planejamento do Programa Saúde na Escola (PSE). Na última terça-feira, dia 18, as atividades foram na E.M. Moacir Coelho da Silveira, com a presença de alunos de mais duas unidades, para uma sequência de atendimentos em escolas da zona rural. As próximas ações acontecem no dia 25 de junho, na E.M. Hetelvina Carneiro e no dia 2 de julho, na E.M. Rio Preto.

Em sua primeira etapa, as equipes do PSE atenderam cerca de 120 alunos, contando, além da E.M. Moacir Coelho da Silveira, com as unidades E.M. Adelaide Lopes Salgado e E.M. Alberto Ferraz, ambas da Capelinha.  As ações desenvolvidas foram de combate ao Aedes Aegypti, promoção de Saúde – Higiene Pessoal, com uma equipe da Saúde Bucal, do PSF Serrinha, prevenção ao uso de tabaco, com o Programa Antitabagismo; gravidez na adolescência, com o CAAR (Centro de Assistência ao Adolescente), além da visita do NASF (Núcleo Ampliado de Saúde da Família).

Na próxima etapa, no dia 25 deste mês, a atividade na E.M. Hetelvina Carneiro, na Vargem Grande, convida também alunos da E.M. João Rodrigues e E.M. São Vicente Ferrer, ambos do distrito de Fumaça. As atividades abordarão o combate à dengue, saúde bucal, com o PSF Pedra Selada, higiene pessoal, alimentação saudável, com a participação do NASF, e prevenção ao uso de tabaco.

Já a terceira e derradeira etapa desta sequência chegará à E.M. Rio Preto, com a participação da E.M. Francisco de Souza Aguiar, na Bagagem. A novidade fica por conta da equipe do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), que levará conhecimento mais aprofundado sobre o combate ao Aedes Aegypti. Além disso, as ações também serão voltadas para a saúde bucal e para a higiene Pessoal, através da equipe do PSF Rio Preto.

“O PSE tem como finalidade levar até aos alunos ações de prevenção e Promoção à Saúde. Essa mobilização se faz necessária principalmente em unidades da zona rural, em locais mais afastados do centro da cidade. É uma forma de estender os serviços até esses alunos. Para isso, contamos com uma importante integração entre diversas frentes”, explica a técnica em Saúde Bucal e representante do Programa Saúde na Escola, Juliana Martins de Almeida.

A expectativa é de que centenas de alunos sejam beneficiados nas duas etapas restantes da sequência de ações. As próximas atividades válidas pelo Programa Saúde na Escola serão divulgadas conforme o agendamento. Este ano, o PSE passou abranger de 53 unidades espalhadas por todo o município, tanto da Zona Urbana quanto da Zona Rural.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !