Programa Identifica Rio emite 755 documentos em Barra Mansa

0

Pensando em quem perdeu seus documentos durante as chuvas deste ano ou para aqueles quem não tem condições financeiras de tirar suas vias, a Prefeitura de Barra Mansa, em parceria com o Detran-RJ e a Fundação Leão XIII, órgão vinculado ao Governo do Estado, realizou no sábado, dia 14, Programa Identifica Rio onde foram emitidos 755 documentos.

Foram 565 documentos pela Fundação Leão XIII, divididos em 169 certidões de nascimento,  65 certidões de casamento, oito certidões de óbito, 119 emissões de RG e 107 para isenção da carteira de identidade. Já o Detran-RJ recebeu 190 pedidos para RG. As solicitações ao Detran-RJ serão entregues aos munícipes no prazo de 16 dias, na unidade da instituição, em Barra Mansa.

A ação aconteceu no pátio do Centro Administrativo Municipal Prefeito Luiz Amaral (Campla) e foi intermediada pelo deputado estadual Marcelo Cabeleireiro. “Esse é um projeto do Governo do Estado, através da Fundação Leão XIII, que leva dignidade para as pessoas. Muitas vezes elas não conseguem tirar nem a segunda via de documentos, como também perdem os documentos em enchentes ou, muitas vezes, pelo tempo. Então essa é uma forma dar dignidade ao cidadão. Solicitei ao Estado, através do prefeito e alguns vereadores sua realização na cidade. Também temos expectativas de um projeto, através do Detran-RJ, para emissão de carteiras de identidades das crianças que estudam na rede pública do município”, comentou o deputado.

A chefe da Fundação Leão XIII em Barra Mansa, Elizabeth Soares Mendes Alves, informa a importância de dar um suporte a quem precisa. “Um evento desses é extremamente importante, principalmente para as comunidades, para aquelas pessoas que não tem condição de pagar por seus documentos. Veio muita gente que perdeu os documentos na chuva. São documentos caros, variando R$ 120 a R$ 200, sendo a certidão de casamento R$ 794 reais”. Elizabeth informa que a fundação, em parceria com a Prefeitura de Barra Mansa, tem realizado diversas ações para ajudar os barra-mansenses, como mutirões para atender as vítimas das chuvas do início do ano, ações sociais nas comunidades e a participação na Festa da Família, levando o serviço para mais perto dos munícipes.

Quem precisar emitir a segunda via destes documentos e não tiver condições financeiras de retirar, deve procurar a Fundação Leão XIII, que funciona no pátio da prefeitura, de segunda a sexta-feira, de 9 às 17 horas. No local é possível tirar a segunda via da identidade, certidão de nascimento, de óbito, da certidão de casamento e solicitar o Vale Social, benefício que dá direito para pessoas que possuem algum tipo de enfermidade transitar por todo estado do Rio, de forma gratuita.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !