PRF flagra condutor embriagado e sem CNH na Via Dutra; houve perseguição

0

RESENDE

Na manhã de hoje, dia 25, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou, na Rodovia Presidente Dutra, na altura de Resende, um condutor, de 19 anos, de veículo sem Carteira Nacional de Habilitação (CNH); o mesmo também estava sob efeito de álcool, segundo a equipe, e possui extensa ficha criminal.

A PRF em ronda por volta das 7h25min observou um veículo Ford/Fiesta imobilizado na faixa da direita, na altura do Km 301, sentido Rio de Janeiro. Quando a equipe parou a viatura para averiguar o que estava ocorrendo, o condutor acelerou o veículo e partiu, sendo perseguido pela equipe PRF, que ficou controlando o trânsito para evitar um acidente.

“Ele seguia em zigue-zague, quase colidindo em outro veículo. Também não obedecia às ordens para parar o carro, parando a cerca de um quilometro no meio-fio do canteiro central, ficando imobilizado na faixa da esquerda”, disse em nota a PRF, contando que neste momento foi observado que o homem estava sob efeito de álcool ou outras substâncias.

O homem foi tirado de forma rápida do carro, para evitar que saísse novamente pela rodovia. “Ele estava sorrindo e apresentando feição abobalhada, estando visivelmente fora de si. E quando questionado, disse que havia somente bebido whisky e cerveja, exalando odor etílico  no hálito”, completou a nota.

Ele foi submetido ao teste etílico, tendo como resultado 0,43 mg/L, sendo dada voz de prisão. Além de estar embriagado, o jovem também não possui CNH. Foi constatado ainda que ele possui antecedentes criminais por tráfico de drogas, associação para o tráfico, porte ilegal de arma de fogo e tentativa de homicídio.

A ocorrência foi apresentada na 89ª DP para os procedimentos de praxe, onde ele ficou preso. O veículo foi removido para o pátio contratado por falta de condutor e por estar em mau estado de conservação.

Além da prisão pelo crime, foram aplicadas as devidas multas de trânsito por dirigir sem CNH e embriagado; mau estado de conservação e segurança, com dois pneus dianteiros lisos; pneu estepe em mau estado; falta de equipamento, sem macaco, chave de roda e triângulo; no valor total de R$ 4.400,80.