Polícia Civil investiga morte de americana em Paraty

0

PARATY

O corpo de uma mulher americana, identificada como Danielle Davila, de 32 anos, foi encontrado na tarde de ontem em uma pousada em Paraty. Não havia sinais de violência.

Segundo informações, ela morava na cidade e trabalhava com música, tocando em bares, e havia alugado um quarto no estabelecimento.

O Consulado Americano já foi informado da morte e o corpo de Danielle foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) para saber as causas da morte.

O CASO

O corpo de Danielle foi encontrado em uma pousada na Rua Duque de Caxias, no bairro Jabaquara. Em entrevista ao A VOZ DA CIDADE, o delegado titular da 167ª Delegacia de Polícia (DP), Marcelo Russo, explicou que colheu depoimento de pessoas próximas a vítima. “Ela esteve no dia 22, sábado, acompanhada de um amigo, quando foram em uma pizzaria e depois em um sarau. Na ocasião, ela teria comentado sobre situações com seu ex-marido, que mora em Minas Gerais, e também sobre seu atual relacionamento”, comentou o delegado. “Depois, ela teria ficado na companhia de uma outra amiga e só no domingo, seu corpo foi encontrado já sem vida na pousada, sendo solicitada a presença da Polícia Civil”, disse Russo ao A VOZ DA CIDADE.

Questionado se ela tem parentes no Brasil, o delegado disse que até o momento eles sabem de um provável ex-companheiro que mora em Minas, conforme declarou uma testemunha em depoimento, e de uma irmã, que parece que mora na Costa Verde.

O delegado contou ainda que não havia marcas no corpo de Danielle e que no quarto havia bebidas, mas só o laudo do IML poderá confirmar a causa da morte.

Questionado também se será realizado translado do corpo após o término do exame, Russo disse que acredita que não e que o enterro possivelmente será feito em Paraty, mas que aguarda procura por parte dos familiares da vítima.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !