Mostra Pedagógica reúne familiares e comunidade escolar no Ilha Clube

0

Evento mobilizou alunos das 67 escolas da rede municipal, além do Cemae, oficinas profissionalizantes e Projeto Leiturar

Quem visitou a Mostra Pedagógica realizada pela Secretaria de Educação de Barra Mansa, nesta sexta-feira (21), no Ilha Clube, no Ano Bom, teve a oportunidade de apreciar uma infinidade de trabalhos realizados por alunos da educação infantil, ensino fundamental e EJA (Educação de Jovens e Adultos) das 67 unidades de ensino da rede, além do Cemae (Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado), oficinas profissionalizantes e do Projeto Leiturar. Estimativas dos organizadores do evento dão conta de que pelo menos seis mil alunos prestigiaram a exposição, acompanhados de seus familiares. A vice-prefeita, Fátima Lima, também esteve presente ao evento.

A mostra reuniu trabalhos de poesia, arte, música, painéis, mosaicos, textos e jornais elaborados coletivamente, esculturas em sabão, móbiles e tapetes confeccionados a partir de papelão e caixa de ovos e maquetes de residências elaboradas com doces de marshmallow, balas e pirulitos coloridos.

Teve ainda o café filosófico, com abordagens de temas relacionados à equidade, alteridade, tolerância e o combate ao preconceito. Também foi resgatado o bom e famoso carrinho de rolimã, confeccionado pelos próprios alunos e com oportunidades de aprendizagem em matemática, física e artes.

O secretário de Educação, Vantoil de Souza, revelou que a mostra superou a expectativa dos organizadores. “Estamos muito satisfeitos com os resultados, de interação entre as escolas e a troca de experiência de alunos e professores. Destaque para a participação da família no evento, o que permite a construção de uma educação unificada e integrada”, disse.

A gerente pedagógica da secretaria, Saionara Maciel, relatou que a mostra retrata um pouco do conteúdo trabalhado em sala de aula.

Cristina Carvalho, mãe de Eduardo, 5 anos, Miguel, 6, e Guilherme, 9, disse da satisfação de ver os trabalhos de seus filhos expostos na mostra. “Quando eu era criança, minha mãe trabalhava e poucas vezes podia me acompanhar nas atividades da escola. Cresci percebendo a importância dessa participação dos pais na vida escolar, por isso estou aqui. Adorei meus filhos contando sobre os vulcões na Rússia e as partes do corpo humano, de acordo com o que foi ensinado na sala de aula de cada um”, relatou a mãe.

Além da exposição dos trabalhos, a mostra trouxe uma programação especial, com a Orquestra de Cordas Infantil do Projeto Música nas Escolas, o Coral de Libras, do Colégio Municipal Prefeito Marcello Drable, o Jogral Nordestino apresentado pela Escola Municipal Lions Clube e o Musical Banho de Lua, com alunos do Colégio Antônio Pereira Bruno.

error: Conteúdo protegido !