Empresa doa materiais para equipar alojamento do 37º BPM

0

RESENDE

A empresa Kinugawa, instalada no Polo Industrial do município, doou materiais para equipar o alojamento do 37º Batalhão de Polícia Militar (BPM), localizado no bairro Campo de Aviação. A entrega dos materiais foi realizada na manhã de quinta-feira, dia 17, pelo gerente da planta da empresa japonesa, Flávio Kisata e o advogado Samuel Carreiro ao subcomandante do Batalhão, tenente-coronel Gilvan Simão Silva. Ao todo foram repassados R$19 mil em equipamentos, entre eles, aparelhos de ar-condicionado, colchões, roupeiro de aço, cadeiras e longarinas.

O advogado da empresa, Samuel Carreiro, explicou que a doação dos materiais surgiu após um acordo trabalhista com o Ministério Público que determinou que os valores de uma penalidade fossem destinados a uma instituição filantrópica. “Como sou presidente da Associação Comercial, Agropecuária, Industrial e de Serviços de Resende (Aciar) e após participar de uma palestra com um representante do 37º BPM, fiquei sabendo que a unidade policial estava precisando de diversos materiais para equipar o alojamento. Passei para a empresa que autorizou o contato com a comandante do Batalhão, tenente-coronel Andreia Ferreira da Silva Campos sobre esta proposta e aceitou a doação”, explicou Carreiro, que solicitou ao Ministério Público para destinar tal valor a Polícia Militar de Resende.

Gerente da Kinugawa, Flávio Kisata entrega ao subcomandante Gilvan, a nota fiscal dos materiais doados-Cyntia Freitas

Para o gerente da planta da Kinugawa, Flávio Kisata, ajudar a equipar o alojamento do 37º BPM é o reconhecimento ao trabalho exercido pela Polícia Militar em Resende. “É com muita satisfação que a nossa empresa está ajudando a Polícia Militar com esta doação. Apesar de estarmos cumprindo uma determinação judicial por um descumprimento de uma norma em termos de Ministério do Trabalho é muito importante esta ação. Vivo em Resende há sete anos e percebo as dificuldades da Polícia Militar. Estar colaborando com os militares que fazem a segurança de uma cidade é o mínimo de reconhecimento desta instituição tão importante na vida de qualquer cidadão”, disse Kisata destacando que os materiais vão poder dar mais conforto aos policiais militares. “O policial precisa estar bem preparado e concentrado para uma missão. O intervalo que ele faz para descansar tem que ser específico e confortável. Ter um ambiente assim é muito importante para que os policiais possam enfrentar um dia de trabalho árduo”, disse.

O subcomandante Gilvan agradeceu e falou da importância da doação. “É o reconhecimento de uma parceria da sociedade com a Polícia Militar como um todo, onde a qualidade de serviço se enquadra na qualidade de vida dos policiais. Este aporte logístico da sociedade nos faz prestar um melhor serviço como este que estamos realizando aqui na região das Agulhas Negras que é coberta pelo nosso Batalhão”, enfatizou o tenente-coronel, acrescentando que diariamente 70 policiais dividem o alojamento. O subcomandante também disse que o apoio da sociedade na logística do Batalhão é primordial para a manutenção da sede. “Estamos precisando de ajuda para a manutenção do Batalhão e também estamos com o projeto de construção de um refeitório que vai melhorar ainda mais a qualidade de vida dos policiais de nossa unidade”, disse.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !