Deputado Antonio Furtado vai destinar verba de R$2 milhões para a Polícia Militar Ambiental  

0

 

VOLTA REDONDA/BRASÍLIA

O deputado federal Delegado Antonio Furtado vai destinar verba de R$2 milhões para a aquisição de veículos e embarcações para o Comando de Policiamento Ambiental (CPAm) com atuação na Região Sul Fluminense.

Na quarta-feira, dia 14, o parlamentar visitou o Comando Geral da Polícia Militar do Rio de Janeiro. O objetivo foi conhecer as necessidades da Polícia Militar e os projetos que precisam de recursos para melhorar a prestação de serviço à população.

O parlamentar explicou que, como delegado de polícia sabe que a segurança se faz com policiais motivados e bem equipados. “Sei que existem várias demandas e projetos na Polícia Militar que necessitam de recursos para serem executados. Por isso o meu interesse em conhecer as necessidades da corporação do Estado do Rio de Janeiro para que tenham mais condições de prestar um bom serviço de segurança para a população”, destacou Antonio Furtado.

PREOCUPAÇÃO COM AS QUESTÕES AMBIENTAIS

O deputado lembrou que, com grande preocupação com as questões ambientais e, principalmente, os crimes praticados contra os animais domésticos e silvestres, optou por fazer a destinação da emenda no projeto que visa equipar melhor a Polícia Militar Ambiental (PMAm) com aquisição de veículos, embarcações e equipamentos diversos. Dessa forma, o Sul do Estado vai contar com mais viaturas para atuar rapidamente em flagrantes.

Lembrou ainda que a Polícia Militar Ambiental precisa estar melhor equipada e aparelhada para defender melhor nossos animais domésticos  e silvestres. “Assim vamos coibir a pratica de crime ambiental. Com mais equipamentos, será possível aumentar o número de flagrantes e punir quem pratica esse crime. Já temos um posto avançado, em Valença, da PMAm e um projeto para trazer um posto de apoio para Volta Redonda”, destacou o parlamentar.

PORTIFÓLIO DESCRITIVO DOS PROJETOS

Informou o secretário do Estado de Polícia Militar, Rogério Figueredo de Lacerda, que foi montado um portifólio descritivo dos projetos que necessitam recursos para serem implantados no Estado. Entre eles, de acordo com o secretário, está a aquisição de equipamentos de energia solar para diminuir os custos dos batalhões,  armamento pesados e não letais, e treinamento profissional.

Lacerda disse ainda, que é uma maneira de apresentar as reais necessidades da corporação e buscar investimentos. “Temos muito a agradecer ao deputado delegado Antonio Furtado. Não é de hoje que sempre está a disposição para ajudar nos investimentos necessários para a segurança pública. Apesar de delegado da Polícia Civil, o consideramos um irmão da Polícia Militar por sempre pensar em conjunto com nossas ações”, concluiu o secretário.