Criança morre em Porto Real e suspeita é que ela tenha sido agredida; homem é preso

3

PORTO REAL

Policiais militares estiveram na madrugada deste sábado, dia 31, no Hospital Municipal São Francisco de Assis, onde uma criança de três anos deu entrada já sem vida na unidade de saúde. Segundo a Polícia Militar, um homem que tomava conta da vítima teria confessado que bateu na criança. Ele foi levado para a delegacia para prestar depoimento, quando foi descoberto que contra ele havia um mandado de prisão em aberto pelos crimes de porte de arma de fogo e tráfico de drogas. Por esse motivo, o homem ficou preso.

No entanto, de acordo com a polícia, a médica que atendeu a criança informou que não havia lesões aparentes e que somente um exame detalhado apontaria a causa da morte dela.

O delegado adjunto da 89ª DP (Resende) e responsável pelo plantão de área neste fim de semana, João Ricardo Bicudo de Oliveira, explicou que a criança ficava sob os cuidados do suspeito e da companheira dele em Porto Real, já que a mãe dela está presa por tráfico de drogas. Na versão contada pelo homem na delegacia, a mulher dele teria ido a Barra Mansa e deixado a criança sob seus cuidados. Antes de colocá-la para dormir, ele teria dado alguns tapas na criança porque ela estaria fazendo pirraça, mas que não teria a espancado.

Bicudo frisou que inicialmente não é possível apontar o que provocou a morte da criança e que aguarda o laudo da necropsia para saber se a agressão relatada pelo homem teria relação com a morte dela. Esse exame deve ficar pronto nas próximas horas.

3 Comentários

  1. todos conhecem esse safado do clerison, traficante, assassino e covarde com criancas ja era p ele esta preso a muito tempo ninguem suportava mais ele morando aqui em porto real, infelizmente dessa vez foi fatal ele matou uma anjinha cheia de vida ela era muito feliz e nunca gostou de morar aqui com essa familia, q a justiça seja feita.

  2. todos conhecem esse safado do clerison, traficante, assassino e covarde com criancas ja era p ele esta preso a muito tempo ninguem suportava mais ele morando aqui em porto real, infelizmente dessa vez foi fatal ele matou uma anjinha cheia de vida ela era muito feliz e nunca gostou de morar aqui com essa familia, q a justiça seja feita. Deus conforte a mae dessa criança.