Lar, doce lar!

0

Comprar um imóvel é uma decisão muito importante pra qualquer um, é uma escolha que vai se perpetuar por um bom tempo na vida do indivíduo, seja enquanto morar, seja enquanto pagar as intermináveis prestações. Se você anda pensando em iniciar essa nova fase na sua vida, existem algumas coisas que precisa saber. A primeira é que o aluguel não é um inimigo. É melhor pagar um aluguel que cabe no seu bolso do que uma prestação que te sufoca, você pode se enrolar e acabar perdendo a parte da casa que já pagou. E segundo que um aluguel também…

IPVA e IPTU – A melhor maneira de pagar

0

O Ano Novo chegou e com ele alguns impostos. Estou falando do IPVA, que para algumas placas já vencem nesse mês, e o IPTU que começa a morder o nosso bolso em fevereiro. Para que o começo do ano não seja tão turbulento, tire o seu sono e te faça uma pessoa mais estressada, o melhor dos remédios é planejar uma reserva só pra estes gastos. Normalmente eles levam mais do que o nosso salário mensal, e começar o ano no vermelho pode ser o primeiro sinal de uma bola de neve de dívidas ou te custar programas de lazer…

As crianças e o dinheiro

0

Algumas pessoas têm mais facilidade pra lidar com dinheiro do que outras, conseguem resistir aos impulsos de consumo, desejar menos e, por isso, se frustrar menos. Consequentemente estes são os que guardam mais dinheiro. Mas isso será uma habilidade nata ou aprendida? Nos primeiros anos de vida, começamos a moldar nossos padrões de comportamento e a maneira que lidamos com os nossos desejos, nem preciso dizer que os pais são peças fundamentais para todo aprendizado. Uma pesquisa da Unifesp mostrou que os fetos já demostram habilidades cognitivas a partir da 20ª semana e, além de reconhecer a voz, começam a…

Ano novo, dívida nova

0

Depois de muita festa, alegria e esperanças renovadas, o ano começou. E o que começou também foram as propagandas de bancos e financeiras te oferecendo aquela ajudinha para pagar as contas no início do ano, com uma parcela que só começa daqui há três meses. É uma maravilha, só que não. Nem tudo são flores, é preciso estar muito atento porque esse período pode trazer complicações financeiras sérias e desencadear um processo de endividamento muito alto. As festas de final de ano fazem dezembro ser um mês com mais gastos. É confraternização entre a família, outra no trabalho, junto com…

error: Conteúdo protegido !