Centro Oportunizar auxilia 19 jovens a ingressarem no mercado de trabalho em Volta Redonda em um mês de atuação

0

VOLTA REDONDA

O Centro Oportunizar, que ajuda jovens de 15 a 29 anos a ingressarem no mercado de trabalho em Volta Redonda, completou no último dia 12 um mês de funcionamento com bons motivos para comemorar. É que durante este período, o espaço gerido pela Coordenadoria Municipal da Juventude (CoordJuv) auxiliou na contratação de 19 adolescentes e jovens (entre estágio e primeiro emprego). O local também realizou 378 atendimentos e 12 empresas procuraram o serviço interessadas em se enquadrarem na Lei da Aprendizagem.

Segundo a coordenadora municipal da Juventude, Larissa Garcez, o projeto do Centro Oportunizar surgiu devido à demanda de um espaço para os jovens que buscam ingressar ao mercado de trabalho na cidade. Ela revelou que durante os primeiros atendimentos, foi identificada a necessidade do local também passar a emitir a carteira de trabalho, que foi implantado.

“Cinquenta e cinco por cento do nosso público não tinha documentação ou ela estava vencida, como é o caso da identidade e da carteira de trabalho. Então passamos a emitir a carteira de trabalho online e efetuar o agendamento da identidade. Talvez a grande dificuldade que identificamos e de o jovem entender que não é só criar um currículo. Muitas empresas têm sites para fazer a busca por este tipo de mão de obra e no Centro Oportunizar disponibilizamos todos esses endereços eletrônicos para que o jovem faça esta pesquisa, além da divulgação sobre o que é e como funcionam, e quais empresas abrem editais para a Lei da Aprendizagem”, afirmou.

No Centro Oportunizar, também foi implantado o “Projeto Guri”, que tem como objetivo dar suporte para as empresas interessadas em se enquadrarem na Lei da Aprendizagem.

“Muitas empresas procuram atendimento no Centro Oportunizar hoje para buscar mão de obra jovem. E nós estamos preparando essas empresas para que elas cumpram a Lei de Aprendizagem, não tendo problemas jurídicos no futuro”, destacou Larissa, informando que os maiores de 18 anos também são encaminhamos ao Sine (Sistema Nacional de Emprego).

Centro Oportunizar nos bairros e vagas via WhatsApp
A coordenadora municipal da Juventude disse que o próximo passo do Centro Oportunizar é avançar para os bairros. O objetivo é atingir com mais ênfase os jovens, principalmente os que estão em vulnerabilidade social, assim como ampliar em conjunto com a rede de atendimento (Smac, CoordJuv e Fundação Beatriz Gama) a participação desses jovens no espaço recém-inaugurado. A previsão é que isso ocorra em outubro, por meio de atendimentos itinerantes nos CRAS (Centro de Referência da Assistência Social). No mesmo mês, a CoordJuv, em parceria com o COMPETI (Comissão Municipal de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil) e a rede de atendimento, irá criar o programa “Trampo Jovem”, que através do WhatsApp, vai informar diariamente sobre as vagas de estágio e emprego para jovens (de 15 a 29 anos).

“Iremos concentrar e sintetizar as informações através do WhatsApp da Coordenadoria da Juventude. As pessoas poderão reproduzir essas informações em massa e dessa forma conseguiremos chegar a todos que realmente estão em busca de uma oportunidade”, destacou Larissa, informando que a linha de transmissão do WhatsApp será formada pelos cadastrados no Centro Oportunizar e da rede de atendimento.

A coordenadora do COMPETI, Ana Carolina Coelho, enfatizou que o fortalecimento de políticas públicas com parcerias para a qualificação profissional e aprendizagem desse público é uma estratégia para erradicação do trabalho infantil.

“Em nosso município, a exploração do trabalho infantil ainda atinge o desenvolvimento de uma parcela significativa de adolescentes e jovens. Por essa razão, o fortalecimento de políticas públicas articulado com parcerias para a qualificação profissional e aprendizagem desse público se torna uma estratégia fundamental para contribuir com as Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil. A inserção de adolescentes no mercado de trabalho de modo seguro deve ser entendida como possibilidade de garantir direitos”, afirmou.

Serviço
O quiosque do Centro Oportunizar fica na Rua 16, nº 245, na Vila Santa Cecília, e funciona de segunda à sexta-feira, das 9h às 17h. O número da CoordJuv é o (24) 99290-3212 (somente WhatsApp).

error: Conteúdo protegido !