Câmara aprova criação de Comissão Especial de Inquérito para apurar número de natimorto em hospital de Volta Redonda

0

De autoria do presidente da Câmara de Vereadores, Washington Granato (PTC), o requerimento 312/2018, para a criação de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI), foi aprovado na sessão ordinária de ontem. O objetivo é apurar o número de natimorto que tem ocorrido no Hospital São João Batista (HSJB).

Granato sugeriu que os membros da Comissão de Saúde da Casa poderiam ocupar os cargos nesta CEI ou montar um novo grupo para o caso específico. A Comissão de Saúde da Câmara é formada atualmente pelos vereadores Fernando Martins (MDB), presidente; José Augusto (PDT) e Paulo Conrado (PRTB), membros.

A questão sobre a composição desta nova comissão e o prazo para apresentar o relatório da apuração ficou para ser decidida na sessão de quinta-feira, dia 27, pois hoje haverá Sessão Solene.

Durante a sessão de ontem, os vereadores fizeram uso da palavra para comentar as mortes de bebês ocorridas no Hospital São João Batista nos últimos dias.

O vereador José Augusto disse que os vereadores devem ir pessoalmente ao hospital ouvir a direção, já o vereador Paulinho do Raio X (MDB), disse que o prefeito Samuca Silva (Sem Partido) deu uma resposta trocando o diretor do hospital, porém, segundo ele, faltou atitude do secretário de Saúde agora. “Gostaria de saber cadê o secretário de Saúde para dar condições de trabalho aos funcionários que estão trabalhando sem condições, sem material. Está aqui a Dra. Ana Valenstein que trabalha em uma Unidade Básica da cidade e sabe muito bem que está faltando tudo”, declarou o vereador.

Carlinhos Santana também falou sobre o caso. Ele fez uso da tribuna para lembrar o fato é citar que ele já havia feito uma convocação do ex-diretor do HSJB, o médico José Geraldo. “Gostaria de lembrar a esta Casa que eu fiz um requerimento convocando o Dr. José Geraldo para prestar esclarecimentos a1qui sobre vários problemas que estavam acontecendo, assim como fiz requerimento sobre mortes de adultos nos dois hospitais. Há seis meses eu já estava fazendo estes questionamentos. Sei que houveram mortes em 2014, 15, 16, 17, mas parecer que este ano está sendo sequencial, é preciso ser apurado”, frisou o parlamentar.

Carlinhos Santana (Solidariedade) lembrou ainda que o prefeito deu uma resposta, mudou o técnico, se referindo à substituição do diretor médico do hospital José Geraldo. Vamos ver se será o suficiente e se for preciso muda o time todo. O que não pode é acontecer mais mortes”, finalizou o vereador.

error: Conteúdo protegido !